NiTfm live

Televisão

Disney lança serviço de streaming este ano — com séries da Marvel e filmes clássicos

A empresa americana apresentou vários conteúdos que terá no seu novo serviço. Chega à Europa em 2020.
Os clássicos da Disney vão estar na plataforma.

Nunca houve tantas novidades sobre a plataforma de streaming que a Disney vai lançar, a Disney+. A 11 de abril houve uma apresentação com vários executivos da empresa americana. O serviço vai ser lançado a 12 de novembro nos EUA — e chega à Europa em 2020.

Não há datas específicas anunciadas para Portugal, mas deverá receber o projeto ao mesmo tempo do que os outros países europeus. Vai incluir todos os conteúdos da Marvel, Fox ou Pixar, além dos clássicos da Disney.

Pela primeira vez foi também revelado o preço da subscrição. Irá custar cerca de 6,20€ por mês, ou 62€ por ano, se quiser pagar tudo junto. Os subscritores vão conseguir descarregar conteúdos para verem offline, à semelhança do que acontece com a Netflix. Além disso, haverá perfis específicos para os miúdos, de forma a existir um controlo parental.

O mais importante, claro, são os filmes e séries que poderá ver se tiver a Disney+. A plataforma terá os direitos exclusivos de streaming de todos os seus filmes — a começar com “Capitão Marvel”, que estará disponível quando o serviço for lançado em novembro nos EUA.

Vai poder ver, claro, “A Branca de Neve e os Sete Anões”, “Cinderela”, “Aladino”, “A Bela e o Monstro”, “A Pequena Sereia” ou “Vaiana”, entre tantas outras histórias de animação. O catálogo inteiro da Pixar (incluindo as curtas-metragens) estará disponível.

Além disso, a Disney está a desenvolver novas séries — como a já conhecida “The Mandalorian”, a primeira da galáxia muito, muito distante de “Star Wars”. Pedro Pascal será o protagonista nesta produção de oito episódios realizada por Jon Favreau. A personagem principal é um caçador de recompensas que explora os limites do universo depois dos acontecimentos de “Star Wars: Episódio VI — O Regresso do Jedi”.

“The Mandalorian” será a primeira (ainda sem data de estreia) mas para 2021 já está previsto o lançamento de outra história de espiões centrada na personagem de Diego Luna de “Rogue One: Uma História de Star Wars”, Cassian Andor.

Nos últimos meses, todas as séries da Marvel têm sido canceladas na Netflix e não é por acaso. A Disney+ vai ter as próprias histórias de super-heróis inspiradas na banda desenhada. “WandaVision” vai ter Elisabeth Olsen e Paul Bettany nos papéis principais; “The Falcon and the Winter Soldier” terá Anthony Mackie e Sebastian Stan; vem aí um projeto com Hawkeye protagonizado por Jeremy Renner; além de uma série focada em Loki com Tom Hiddleston.

A Disney explicou nessa apresentação que estas novas histórias estarão relacionadas com os filmes da Marvel e que serão a base para depois nascerem spinoffs e outros projetos.

A plataforma terá ainda séries adaptadas de filmes como “Monstros e Companhia” e “High School Musical” e conteúdos originais produzidos pelo National Geographic. A Disney+ será ainda a casa para mais de cinco mil episódios de programas do Disney Channel, como “Kim Possible” ou “Raven”.

As novidades da Disney chegam pouco tempo depois de ter sido anunciada a compra da Fox pela empresa americana. Isso significa que as 30 temporadas de “Os Simpsons” estarão disponíveis no serviço de streaming — e que os outros projetos da Fox podem ter o mesmo destino.