NiTfm live

Televisão

“Devs” é a nova série ideal para os fanáticos por ficção científica

É o primeiro projeto televisivo de Alex Garland, o criador de “Ex Machina” e “Annihilation”.
Sonoya Mizuno é a grande protagonista.

Se é um apaixonado por ficção científica, histórias futuristas com cenários tecnológicos, robôs e, claro, uma boa dose de distopia, então tem pelo menos de dar uma oportunidade a “Devs”, a nova série do género, que estreia esta sexta-feira, 6 de março, na plataforma de streaming da HBO Portugal.

É o primeiro projeto televisivo de Alex Garland, o homem que criou os prestigiados “Ex Machina” e “Annihilation”, além de ter escrito guiões para outras produções. Esta minissérie foi feita pelo canal FX, apesar de nos EUA ser transmitida no serviço de streaming da Hulu.

Tem oito episódios e a grande protagonista é a japonesa Sonoya Mizuno, antiga bailarina que poderá reconhecer como a parceira de Oscar Isaac naquela cena épica em “Ex Machina”, ou — e aqui será mais complicado de se recordar da atriz — a sósia extraterrestre de Natalie Portman em “Annihilation”. Ou seja, é uma colaboradora habitual de Alex Garland.

Mizuno é Lily Chan, uma programadora de uma empresa de tecnologia chamada Amaya, que acabou por se tornar maior do que outras empresas gigantes de Silicon Valley como a Google ou o Facebook. 

Lily torna-se a protagonista do enredo após o desaparecimento misterioso do seu namorado, Sergei (Karl Glusman), que também trabalha na Amaya. Não é como se ele tivesse sido raptado. Sergei conseguiu desenvolver um algoritmo que antecipa o comportamento de organismos monocelulares e o seu sucesso levou-o a ser convidado para entrar numa divisão secreta da empresa chamada precisamente Devs, como o título da série.

Lily não sabe o que lhe aconteceu e as centenas de funcionários não sabem o verdadeiro objetivo da empresa — só aqueles que fazem parte da tal divisão. O seu grande antagonista será Forest (Nick Offerman), o fundador da Amaya, um excêntrico misterioso, de intenções duvidosas e secretas — algo semelhante à personagem de Oscar Isaac em “Ex Machina”.

Forest perdeu uma filha muito jovem — que se chamava precisamente Amaya — e é uma personagem que age com base nesta grande dor, que está bem exposta e materializada através de uma estátua gigante da sua filha que está no campus da empresa.

Com a ajuda do seu ex-namorado Jamie (Jin Ha), Lily Chan está determinada a encontrar o seu atual namorado, enfrente aquilo que enfrentar. Num plano mais profundo, “Devs” acaba por ser uma história que desafia o livre arbítrio relacionado com os avanços da tecnologia — e na própria relação entre ciência e natureza.

Os cenários e a direção de arte do projeto têm sido muito elogiados — assim como a identidade bem presente de Alex Garland — mas a narrativa não tem deixado a crítica especializada muito satisfeita com “Devs”. 

O elenco inclui ainda Zach Grenier, Alison Pill, Cailee Spaeny, Stephen McKinley Henderson, Jefferson Hall, Linnea Berthelsen, Georgia King, Aimee Mullins, Caitlin Kimball, Alejandro De Mesa, Akshay Kumar e Oliver Powell, entre outros. Já estão disponíveis dois episódios — a partir daqui estreia um por semana.