NiTfm live

Televisão

Cláudio Ramos muda-se para a TVI e vai apresentar o novo “Big Brother”

A estação anunciou a contratação esta segunda-feira, 10 de fevereiro.
Tem 46 anos.

Depois de Alexandra Lencastre trocar a TVI pela SIC, Cláudio Ramos vai abandonar “O Programa da Cristina” para apresentar a nova edição de “Big Brother”, que deverá chegar à estação em março deste ano. O contra-ataque do canal dirigido por Nuno Santos foi anunciado em comunicado esta segunda-feira, 10 de fevereiro. 

“Mudar faz parte do crescimento de qualquer profissional que ambiciona fazer mais, melhor e surpreender o público com criatividade, entrega e absoluta dedicação”, afirmou Cláudio Ramos, que regressa à TVI depois de ter saído do canal há 17 anos.

“Sei que o ‘Big Brother’, reality show que adoro e que não deixa ninguém indiferente, é o princípio da viagem. Venho para somar”, acrescentou. O apresentador foi concorrente do “Big Brother Famosos 2” em 2002, tendo terminado em quarto lugar.

No mesmo comunicado, Nuno Santos declarou que “é um grande momento e insere-se na estratégia integrada [da SIC] para 2020”, acrescentando que o apresentador “é uma peça muito relevante do tabuleiro”. “O Cláudio é também um ativo decisivo na diversidade da nossa oferta digital e terá expressão em todos os meios do grupo. Ele sempre teve uma visão global da indústria dos media”.

“Olhó Vídeo” e “Rosa Choque” foram outros dos programas em que Cláudio Ramos participou enquanto trabalhou na TVI, entre 2002 e 2003. Até à data de publicação deste artigo, Cristina Ferreira não fez quaisquer declarações públicas sobre a saída do “vizinho” da SIC.

Ao Fama Show, o apresentador declarou que estará “eternamente grato” à estação de Paço de Arcos, acrescentado: “A SIC sempre teve comigo a maior consideração e respeito e estou grato que assim tenha sido até à minha saída do canal”.

Já a SIC salientou a “dedicação” e “profissionalismo” de Cláudio Ramos ao longo dos anos, rematando com uma nota positiva — “Desejamos-lhe, como sempre, que seja feliz”.

O percurso no canal agora dirigido por Daniel Oliveira começou como comentador do programa “Noites Marcianas” em 2001, tendo mais tarde passado por formatos como “SIC 10 Horas”, “Fátima” e “Queridas Manhãs”, além de “Passadeira Vermelha” e “Contra Capa”, na SIC Caras.