NiTfm live

Televisão

“Auga Seca”: a nova série thriller com Victoria Guerra estreia esta sexta-feira

É uma produção luso-espanhola de seis episódios, com atores portugueses e espanhóis, para ver na RTP1.
Victoria Guerra é Teresa, uma irmã desesperada em busca de respostas.

Um jovem português aparece morto a tiro perto do local onde trabalhava, no porto industrial de Vigo, na região espanhola da Galiza. É assim que arranca “Auga Seca”, a nova série da RTP1, que estreia esta sexta-feira, 17 de janeiro, a partir das 22h40.

Explicamos melhor o enredo. Aparentemente, Paulo Duarte suicidou-se, mas ninguém acredita nessa hipótese: nem os seus chefes, nem a polícia, nem a sua irmã Teresa (Victoria Guerra). Paulo trabalhava numa empresa de logística liderada por Mauro Galdón, um importante empresário daquela zona, e era próximo do seu círculo pessoal.

A morte inesperada do irmão faz com que Teresa veja a sua vida virada do avesso — mesmo que estivesse numa fase sem grande rumo. Sem conseguir esperar pelos resultados da investigação, muda-se de Lisboa para Vigo, para trabalhar na antiga empresa do irmão e tentar perceber o que lhe aconteceu.

Ao que parece, tudo pode estar relacionado com uma organização criminosa relacionada com Galdón. Afinal, a arma que serviu para assassinar Paulo — ou para a personagem se suicidar — aparece nos registos criminais porque tinha sido usada num roubo em Portugal.

Mais: de acordo com os registos, essa arma deveria ter sido destruída há vários meses. Esta é só a primeira pista de um caso que, no início, parece pequeno, mas que se vai revelar muito maior do que alguma das personagens podia imaginar. Até porque envolve uma rede de tráfico de armas que opera entre a Europa e África.

O inspetor Viñas (Sergio Pazo), um dos responsáveis pelo caso, sugere então a Teresa que vingue a morte de Paulo e que se infiltre na organização criminosa de Galdón.

Teresa aceita a oferta, mas o processo vai ser complicado e com muitas dúvidas. Será que haverá realmente algo a vingar? Se tiver sucesso na sua missão, estará a vingar-se ou estará a fazer o trabalho sujo e difícil de Viñas?

É um mundo atribulado, cheio de segredos e personagens imprevisíveis, em que Teresa vai ter de entrar e percorrer nos seis episódios (com cerca de 50 minutos) que compõem “Auga Seca”. 

As gravações desta produção luso-espanhola aconteceram precisamente entre Lisboa e Vigo, e o elenco inclui ainda Joana Santos, Adriano Luz, João Arrais, Monti Castiñeiras e Igor Regalla.