NiTfm live

Teatro e exposições

Depois dos concertos, o teatro português também chega às redes sociais

São várias as companhias nacionais que estão a aderir à apresentação de peças de teatro em streaming.

São várias as companhias de teatro que têm sido obrigadas a cancelar os seus espetáculos e peças como resposta à pandemia global que continua a crescer no nosso País e em todo o mundo. Numa altura em que os eventos com mais de 100 pessoas estão suspensos para salvaguardar a saúde pública, são várias as áreas que estão a procurar contornar isso mesmo. Depois de ter sido anunciado o festival digital Eu Fico Em Casa, há iniciativas semelhantes no mundo do teatro.

No mês em que muitos consideram ser o mês do teatro, o Teatro Aberto, de Lisboa, aposta na transmissão de peças em streaming. “A Mentira”, de Florian Zeller, é a primeira a ser transmitida pela companhia, a partir desta quinta-feira, 19 de março, às 21 horas. A iniciativa permite aos fãs de teatro ver ou rever, virtualmente, alguns dos espetáculos encenados pelo teatro.

Além do Teatro Aberto, o Teatro do Noroeste do Centro Dramático de Viana foi uma das muitas companhias que se viram obrigadas a suspender os espetáculos presenciais. Neste caso eram 32 peças, que contavam com mais de 7500 alunos de todas as zonas do País, e que iriam durar até 14 de abril.

Assim, a iniciativa Teatro do Noroeste Em Sua Casa foi criada para que o teatro chegue a casa do público, como forma de chamar a atenção para a importância de ficar em casa nesta altura.

A primeira peça a ser transmitida online pelo Teatro do Noroeste foi “O Gato das Botas”, de Fernando Gomes. A iniciativa estende-se até 9 de abril — nas páginas de Facebook ou YouTube da companhia de forma gratuita — e conta com peças como “O João e o Pé de Feijão”, “O Anjo Branco” e “O Mundo à Minha Procura”. Cada vídeo fica disponível durante 24 horas nas plataformas da companhia, e existem espetáculos tanto para os miúdos como para adultos.