NiTfm live

Teatro e exposições

Louvre inaugura exposição com mais de 150 obras de Leonardo da Vinci

Para ver a retrospetiva do génio renascentista é preciso fazer uma reserva prévia. A exposição vai até 24 de fevereiro, em Paris.
Há ainda uma experiência de realidade virtual.

A maior exposição dedicada a Leonardo da Vinci arranca esta quinta-feira, 24 de outubro, no Museu do Louvre, em Paris, França. São 162 obras reunidas num só espaço para assinalar os 500 anos da morte do génio do Renascimento.

A retrospetiva tem pinturas, desenhos, manuscritos, esculturas e outros objetos do mestre italiano, que foram reunidos ao longo de dez anos, num trabalho de pesquisa que exigiu pedidos de empréstimo em todo o mundo. Vai encontrar por lá 11 dos 20 quadros atribuídos a Leonardo da Vinci. Entre eles, “Santa Ana”, “São João Batista” e a “Virgem Benois”, emprestados pelo Museu Hermitage de São Petersburgo, na Rússia. 

Até a rainha Isabel II permitiu que 24 desenhos que estão na posse da coroa britânica fossem enviados para Paris para serem expostos temporariamente no Louvre. O British Museum, em Londres, e o Vaticano, em Itália, também emprestaram algumas obras.

Uma batalha diplomática entre Paris e Roma precedeu a inauguração da exposição em homenagem a Leonardo da Vinci. Depois de muita negociação, Itália aceitou emprestar o famoso “Homem Vitruviano”, obra exibida na Galeria da Academia de Veneza (Itália), mas que vai mudar-se para o Louvre durante dois meses.

A expetativa é que este seja o grande evento cultural do ano em França. A reserva é obrigatória e já foram agendados 180 mil bilhetes para a mostra. A exposição faz uma viagem didática pela rica personalidade do pintor italiano e situa o artista numa época culturalmente fervorosa e passa por Florença, Milão, Mantua, Veneza, Roma e, por fim, França.

A grande ausência da exposição é a “Mona Lisa”, que vai continuar na sala de sempre do museu francês, uma vez que recebe 30 mil visitas por dia e poderia causar um congestionamento na exposição especial. Entretanto, com a ajuda da realidade virtual, os visitantes podem colocar um capacete e admirar o sorriso enigmático da obra e suas cores originais.

A exposição especial para celebrar o génio Leonardo da Vinci é temporária e estará disponível para visitas até o dia 24 de fevereiro de 2020. As reservas podem ser feitas através do site do Museu do Louvre e terão uma hora específica, de forma a evitar longas filas. O bilhete custa 17€.

A nova exposição do Louvre. Foto: Antoine Mongodin.