NiTfm live

Teatro e exposições

Exposição de Van Gogh em Lisboa volta a abrir a 3 de junho

A experiência “Meet Vincent Van Gogh” foi inaugurada em Belém em fevereiro e acabou por fechar devido à Covid-19.
Quem tinha bilhetes pode utilizá-los agora.

A 28 de fevereiro foi inaugurada a exposição “Meet Vincent Van Gogh” em Lisboa. A experiência de entretenimento esteve aberta numa enorme tenda instalada no Terreiro das Missas, em Belém, até 13 de março, dia em que foi encerrada por causa da pandemia global do novo coronavírus. Agora, mais de dois meses depois, já há data de reabertura  3 de junho.

Entre as principais medidas de higienização do espaço, haverá uma cuidada desinfeção de todas as zonas e dos equipamentos de multimédia onde estão as reproduções 3D das obras de Van Gogh.

Além disso, o espaço será completamente higienizado entre visitas dos diferentes grupos de pessoas. Como seria de esperar, é obrigatório o uso de máscara de proteção dentro do espaço e a produtora responsável pela experiência garante ainda que haverá dispensadores de gel desinfetante espalhados pelas várias zonas do recinto de Belém.

Para manter as higienizações constantes, o espaço estará aberto num horário mais reduzido do que o habitual. Haverá visitas apenas de quarta-feira a domingo, das 10 às 19 horas; e à segunda e terça-feira o espaço estará encerrado. Os visitantes serão divididos em grupos de dez pessoas e entrarão na exposição a cada dez minutos  com um único circuito de acesso, sem cruzamentos desnecessários.

Como forma de agradecimento, a produtora decidiu reabrir nos dias 29, 30 e 31 de maio para receber profissionais de saúde e da cultura (e respetivas famílias), de forma gratuita. Para isso, basta que enviem um email para estreia.uau@nulluau.pt, com todas as indicações sobre o número de pessoas, o dia e o horário escolhidos. Depois, a produtora pede um comprovativo da atividade profissional e confirma a disponibilidade.

Os bilhetes para a experiência continuam à venda na Ticketline. É lá que se pode ler que “todos os bilhetes adquiridos (e que não tenham sido usados) para as sessões entre 13 de março e 31 de maio podem ser usados até ao dia 30 de setembro. A entrada estará sujeita à disponibilidade e afluência do público”.