NiTfm live

Teatro e exposições

Vem aí uma nova exposição de arte urbana — com peças de Bordalo II

Miguel Januário, o responsável pelo projeto ±MAISMENOS±, e Forest Dump são os outros artistas que terão obras em "Incolor".
O artista costuma fazer obras a partir de lixo.

Depois da mega exposição que Bordalo II teve em Paris, a capital francesa, o artista português vai ter várias obras incluídas numa nova mostra dedicada à arte urbana, chamada “Incolor”. Foi inaugurada a 22 de março (o Dia Mundial da Água), no Museu da Água de Coimbra e no jardim exterior, que está integrado no Parque Dr. Manuel Braga.

O tema é, obviamente, a água — e quer sensibilizar sobretudo para os problemas da poluição da mesma. “Incolor e presente é como a água deve ser: sem contaminação, sem plásticos, sem microplásticos, sem poluição e sem gastos absurdos que a tornem inexistente em vez de transparente”, é o que se pode ler no texto de apresentação da exposição.

Além de Bordalo II, vai contar com trabalhos de Miguel Januário, o responsável pelo projeto ±MAISMENOS±, e Forest Dump. As portas abrem a partir das 17h30. “Incolor” tem entrada livre e vai poder ser visitada até 26 de maio, de terça-feira a domingo, entre as dez e as 13 horas, e, no horário da tarde, entre as 14 e as 18 horas.