NiTfm live

Teatro e exposições

As peças mais incríveis da exposição de Tutankamon em Lisboa

A NiT já visitou o Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações, e mostra-lhe alguns dos artefactos que pode encontrar.

A máscara do faraó é feita de ouro e pesa 11 quilos

Há mais de 100 peças na exposição do túmulo de Tutankamon em Lisboa, no Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações. Mas vamos ser sinceros: a exposição que pretende recriar a cripta onde o faraó mais famoso de sempre foi encontrado, em 1922, não tem o ambiente exótico de pirâmide amaldiçoada, por mais música árabe que nos queiram enfiar nos ouvidos.

A entrada, discreta, faz-se por debaixo da pala de Siza Vieira, construída para a Expo 98. Lá dentro, passada a bilheteira, a primeira coisa que encontramos é uma sala que explica a expedição que o britânico Howard Carter conduziu nos anos 20. Depois, existe um documentário com 20 minutos para mostrar como os arqueólogos descobriram o túmulo perdido de um faraó que morreu ainda adolescente e que, na verdade, pouca importância teve.

Depois de termos o contexto histórico, as réplicas oficiais das peças encontradas no Vale dos Reis, no Egito — sim, são réplicas — estão espalhadas por várias salas. Muitas delas são idênticas, outras têm um aspeto demasiado artificial. Antes das vitrines com peças únicas, existe uma reconstituição das várias salas do túmulo, com os respetivos objetos e com o cenário que os arqueólogos descobriram quando entraram na sepultura  ou seja, existem duas réplicas de vários artefactos.

As peças reais estão no Museu Egípcio, no Cairo, a capital do país do Norte de África — apesar de regularmente serem expostas no estrangeiro e de algumas ainda estarem em Londres, no Reino Unido.

Os rumores de uma maldição do faraó surgiram depois da morte de mais de dez membros da expedição até ao final dos anos 20, e de um texto muito antigo encontrado no local que desejava a morte, doença ou azar a todos os invasores, que não distinguia ladrões ou arqueólogos.

“Tutankamon — Tesouros do Egito” fica no Pavilhão de Portugal até 1 de maio. O horário durante a semana é das 10 às 18 horas, exceto aos fins de semana, em que encerra às 20 horas. Este último horário também é válido para os dias de semana entre 27 de fevereiro a 24 de abril.

Os bilhetes variam entre os 8€ e os 11€ e também existe um pack familiar que permite que dois adultos e três crianças (até aos 11 anos, inclusive) visitem a exposição por 30€.

Carregue na imagem para conhecer algumas das peças mais incríveis da exposição.

localização, contactos e horários

morada
  • Pavilhão de Portugal [ver mapa]
    Alameda dos Oceanos, Lisboa
    localização
    Centro