Teatro e exposições

ARCOlisboa arranca com 72 galerias

Terceira edição da feira das artes começa dia 17 e prolonga-se até 20 de maio na Fábrica Nacional da Cordoaria.

Feira Internacional de Arte prolonga-se até 20 de maio

É o grande encontro da arte contemporânea. A terceira edição da ARCOlisboa -Feira Internacional de Arte Contemporânea de Lisboa começa esta quinta-feira, dia 17, e durante três dias coloca a capital portuguesa no centro das atenções de coleccionadores, artistas, galerias e profissionais da arte de todo o mundo. Organizada pela IFEMA – Institucion Ferial de Madrid, em conjunto com a Câmara Municipal de Lisboa, este ano o evento conta com a presença de galerias de 14 países. 

Dez artistas, portugueses e estrangeiros, estarão pela primeira vez no Torreão Poente, na Praça do Comércio. Esther Ferrer com Àngels Barcelona, José Carlos Martinat com Revólver ou Mónica de Miranda com Carlos Carvalho são alguns dos nomes a ter em conta na terceira edição da feira de artes. 

Dedicado a galerias mais jovens, o espaço Opening apresenta 12 projetos selecionados pelo curador João Laia, entre eles Balcony e Uma Lulik, Rolando Anselmi, Bombon ou Copperfield. Já a secção principal do evento mantém as dimensões do ano passado, com a presença de 51 galerias, algumas das quais participam pela primeira vez como acontece com a Krinzinger (Viena), Helga de Alvear (Madrid), Carreras Mugica (Bilbau), Millan (São Paulo) ou Greengrassi (Londres). 

Outras das novidades deste ano é a feira de editoras independentes, comissariada por Luiza Teixeira de Freitas. Tables are Shelves, assim se designa a feira, vai ocupar uma das salas do Torreão Nascente, numa edição que terá “a arte e o colecionismo como principal eixo discursivo”, refere nota da organização. O evento conta com a presença de vários colecionadores internacionais, entre eles Jean-Conrad & Isabelle Lemaître, Harald Orneberg, Inge de Bruin, Paulo Pimenta, Luiz Augusto Teixeira de Freitas e Armando Cabra.

A terceira edição da ARCOlisboa terá mais de 190 convidados, entre colecionadores, diretores de instituições, curadores e outros profissionais do mundo da arte.