NiTfm live

Teatro e exposições

Algarve vai ter o primeiro museu do País dedicado à arte digital

O projeto chama-se Museu Zero e vai nascer em Santa Catarina da Fonte do Bispo, em Tavira.
As obras arrancam em breve para criar este espaço.

Os antigos armazéns e silos de cereais da Cooperativa Agrícola de Santa Catarina da Fonte do Bispo, no concelho de Tavira, no Algarve, vão passar a chamar-se Museu Zero. Vai ser o primeiro espaço do género em Portugal dedicado à arte digital.

“Será um equipamento único em Portugal, para a criação e apresentação de obras de arte digitais. A sua concretização permitirá a apresentação de obras ao público, mas também o acolhimento de artistas em residência”, disse ao “Jornal do Algarve” João Correia Vargues, da Comissão Executiva do Museu Zero. Serão essencialmente mostras de imagem, som e luz.

Atualmente o espaço está assim.

As obras arrancam em breve e já existem algumas imagens do projeto, que está a ser desenvolvido pelo Instituto Lusíada de Cultura. A ideia é também envolver outras entidades ligadas à arte digital, como o MAAT, a Universidade do Algarve, o ARS Electrónica, o Peacock Visual Arts e o V2. A inauguração deverá acontecer em 2020 e o investimento previsto é de cerca de 1,9 milhões de euros.