NiTfm live

Teatro e exposições

Já começou a Trienal de Arquitetura de Lisboa (e dura até dezembro)

Na quinta edição do evento, as habituais quatro exposições nucleares do evento passam a cinco e espalham-se pela cidade durante dois meses.
Se não for agora, só daqui a 3 anos.

“A Poética da Razão” é o tema da quinta edição da Trienal de Arquitectura de Lisboa que arrancou esta quinta-feira, 3 de outubro, e que se estende até ao dia 2 de dezembro com exposições, workshops e conferências em vários pontos da cidade.

A temática escolhida para este ano tem como objetivo dar a conhecer conceitos de arquitetura sem que seja necessário ter um conhecimento prévio nesta área. Cada uma das cinco exposições que compõe a Trienal 2019 toma um aspeto ou uma dimensão particular da arquitetura, numa tentativa de revelar o que está em jogo na sua racionalidade para que seja compreendida por todos.

As habituais quatro exposições nucleares passam a cinco e espalham-se por Lisboa. O MAAT recebe a “Economia de Meios” e mostra como a massificação da construção modificou a arquitetura. No Centro Cultural de Belém, o tema é “Agricultura e Arquitectura: Do Lado do Campo” e reflete sobre o movimento ambiental que tem sistematicamente explorado as hipóteses de uma diminuição no consumo de energia e suas consequências na transformação e na manutenção dos territórios.

O Museu Nacional de Arte Contemporânea recebe a mostra “Espaço Interior” que tenta ilustrar como a imaginação neste ramo estabelece os alicerces para qualquer trabalho de arquitetura, de tratados clássicos à Internet e aos videojogos. Na Culturgest, “O que é Ornamento?” trata de como a história da arquitetura é afetada pelo ornamento. Já o Palácio Sinel de Cordes recebe a exposição “Beleza Natural” debate como ainda pode ser relevante na produção contemporânea em Lisboa para criar uma arquitetura orgânica.

Durante a semana de encerramento, nos dias 28, 29 e 30 de novembro, há conferências e debates sobre assuntos que nascem nas várias exposições. As conversas vão ser realizadas na Fundação Calouste Gulbenkian e ao final da experiência, há jantares e concertos especiais. A programação completa está no site oficial da Trienal de Arquitectura de Lisboa 2019.