NiTfm live

Música

Rock in Rio vai acontecer num novo país em 2021

Depois de Portugal, Espanha, EUA e, claro, o Brasil, o festival prepara nova expansão.
Está a decorrer a 19.ª edição do evento.

Está confirmado. Depois do Brasil, Portugal, Espanha e os EUA, o Rock in Rio vai estrear-se no Chile em 2021, mais concretamente na capital do país sul-americano, Santiago do Chile. O fundador do Rock in Rio, Roberto Medina, assinou este sábado, 5 de outubro, um acordo de intenção com o empresário e produtor chileno Felipe Araya para a realização do evento. 

Esta será uma parceria entre a organização do festival e o governo do Chile e o seu instituto dedicado ao turismo, entre outras entidades oficiais, e alguns investidores privados. 

O jornal “Globo”, que é parceiro do Rock in Rio, falou com Roberto Medina sobre o novo passo do festival. “Eu já avaliava que o Chile seria um país interessante para o Rock in Rio e, há pouco mais de um mês, fui contactado por um empresário do país interessado em levar o festival para lá.”

E acrescentou: “A ideia é que o evento aconteça após a edição no Rio de Janeiro, aproveitando a agenda dos artistas, com quatro a cinco dias de concertos. É uma nova oportunidade de público que se abre na região.” Medina também garantiu que, se o evento avançar, terá sempre um projeto social associado.

Leia ainda a entrevista da NiT com Roberta Medina, filha de Roberto e vice-presidente da organização, sobre algumas das atrações que podemos esperar para o Rock in Rio Lisboa de 2020, cujas novidades serão apresentadas já no próximo mês de outubro. Ivete Sangalo é a única confirmada até ao momento.