NiTfm live

Música

“Não nos cancelem”: o apelo de atores, cantores e profissionais da cultura

Movimento alerta para a importância da cultura e para a necessidade de proteger quem depende dela para viver.
Foto de Facebook de Bruno Niogueira.

A pandemia de coronavírus obrigou ao cancelamento de muitos espectáculos, concertos e peças de teatro. A paragem está a deixar o setor numa situação delicada, por isso, esta terça-feira, 7 de abril, promotores de eventos, técnicos, diretores, atores e músicos juntaram-se na promoção de um vídeo que deixa um apelo a todos os portugueses

Para nos lembrarem que a cultura faz parte de nós e que nos marca, lançaram o movimento “Adiem-nos mas não nos cancelem agora”. O vídeo conta com a participação de personalidades como Bruno Nogueira e Jorge Palma e demonstra a preocupação com que os profissionais encaram a situação atual.

“Estamos num momento único na vida de todos. A cultura foi a primeira a ser parada e será provavelmente a última a poder retomar a sua atividade. Cancelar a cultura de um país é cancelar a sua memória, a sua alma, a sua identidade. Cancelar a cultura é matar a esperança”, pode ler-se na descrição do vídeo.