Música

MEO Arena recebe concerto solidário para ajudar vítimas de Pedrógão Grande

O espetáculo em Lisboa está marcado para 27 de junho, com mais de 20 músicos.

A sala de espetáculos tem capacidade para 20 mil pessoas.

Depois de ter sido anunciado que David Fonseca e outros músicos iam fazer um concerto em Leiria para ajudar as vítimas do incêndio de Pedrógão Grande — que provocou pelo menos 62 vítimas mortais e destruiu aldeias completas —, foi revelado que a MEO Arena, em Lisboa, também terá um espetáculo solidário. A Antena 3, que apoia o evento, já confirmou que vão atuar Salvador Sobral, Rui Veloso, Ana Moura e Carminho.

O evento, que vai ser transmitido em direto pela RTP, está marcado para 27 de junho e vai incluir concertos de mais de 20 músicos. Foi o diretor da agência Sons em Trânsito, Vasco Sacramento, quem fez primeiro o anúncio no Facebook.

“Hoje de manhã não consegui ficar parado com as notícias e as imagens que nos chegavam de Pedrógão Grande. Arregacei as mangas e desafiei a MEO Arena, algumas empresas parceiras e muitos dos principais artistas nacionais”, pode ler-se na publicação do diretor da Sons em Trânsito, que trabalha, entre outros, com músicos como Ana Moura, Rita Redshoes, Luísa Sobral, Deolinda, António Zambujo ou Pedro Abrunhosa.

Segundo Vasco Sacramento, o valor dos bilhetes vai reverter totalmente para as vítimas.

“Obviamente que ninguém vai ganhar um tostão com isto e todas as receitas obtidas reverterão para o apoio às vítimas e à reconstrução das áreas afectadas.”

O incêndio de Pedrógão Grande começou às 14 horas de sábado, 17 de junho. Foi provocado por uma combinação trágica de tempestades secas e ventos fortes que destruiu por completo várias aldeias da zona. Foram confirmados 62 mortos até ao momento — e decretados três dias de luto nacional.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo