NiTfm live

Música

Bons Sons: a música portuguesa volta a invadir a aldeia de Cem Soldos durante 4 dias

Salvador Sobral, Slow J, Sara Tavares, Lena D’Água e os Linda Martini são alguns dos cabeças de cartaz.

O festival acontece até domingo.

É há vários anos um caso sério no panorama dos festivais de música em Portugal. Todos os anos, milhares de pessoas de todo o País rumam à pequena aldeia de Cem Soldos, no concelho de Tomar, para visitar o Bons Sons. A edição de 2018 arranca esta quinta-feira, 9 de agosto, e prolonga-se até domingo, dia 12.

O festival é inteiramente dedicado à música portuguesa — normalmente com uma programação mais alternativa, mas que cobre vários estilos: do jazz ao rap, do rock à pop, da música luso-africana à mistura musical sem género de Conan Osiris.

É ele, o autor de “Adoro Bolos”, um dos principais nomes desta edição. Pelo Bons Sons vão ainda passar Linda Martini, Salvador Sobral, Slow J, Sara Tavares, Paus, Lena D’Água e Primeira Dama, Selma Uamusse, Cais Sodré Funk Connection e os Dead Combo.

Além deles, tocam Luís Severo, Rodrigo Amado, Xinobi, Mirror People, Norberto Lobo, 10 000 Russos, Mazgani, Zeca Medeiros, Sean Riley & The Slowriders ou O Gajo, entre vários outros. A programação inclui ainda cinema, atividades para os miúdos e debates, entre outras iniciativas. Consulte a programação completa no site do festival.

Ainda estão à venda bilhetes diários por 22€ e os passes gerais, que incluem campismo, por 45€. O objetivo do Bons Sons, que tem uma forte vertente ligada à sustentabilidade, é envolver a comunidade local da aldeia de Cem Soldos.