NiTfm live

música

Anselmo Ralph faz a festa na Passagem de Ano de Almada — e a entrada é livre

A celebração do novo ano acontece junto à Fragata D. Fernando II e Glória, em Cacilhas, na noite de 31. E também há fogo-de-artifício.

Um grande nome para começar bem o ano.

Quando o dia 31 chegar, toca a rumar à Margem Sul (a não ser que já lá esteja), mais precisamente a Cacilhas, pois por lá a festa promete, tem muita música e um mega fogo de artificio a dobrar, e não é preciso bilhetes nem entradas.

Em Almada, junto à Fragata D. Fernando II e Glória, em Cacilhas, o palco do evento de passagem de ano da autarquia recebe este ano Anselmo Raph, um dos grandes nomes da música angolana. Mas há mais motivos para marcar lugar junto ao Tejo.

A partir das 22h30, começa o espetáculo com os Rock em Stock, uma banda de covers que vai interpretar temas dos anos 80 e 90. Táxi, Sitiados, Quinta do Bill, Xutos e Pontapés, UHF, sem esquecer Jorge Palma ou Rui Veloso, vão ser revisitados, e esperam-se coros de vozes épicos.

Antes da meia-noite, o palco é dos bailarinos da Escola de Dança Next, vice-campeões do Mundo na categoria de Mega Crew Hip Hop Teams. Quando soarem as 12 badaladas é altura para o fogo de artifício, este ano sincronizado entre Almada e Lisboa, com um espetáculo a unir as duas margens do Tejo.

Depois, chega “A Única Mulher”, “Não Me Toca”, “Curtição” e muito mais, pela voz de Anselmo Ralph, madrugada dentro.