NiTfm live

Teatro e exposições

Museu de Arte Popular recebe exposição com 200 obras de artista holandês

Mauritz Cornelis Escher é conhecido pelas peças baseadas em construções impossíveis e ilusão de ótica.

O museu fica em Belém, junto do rio Tejo.

A pouco e pouco, o Museu de Arte Popular, em Belém, em Lisboa, vai começando a ter atividade. Depois de ter sido reaberto no final do ano passado, agora vai receber uma exposição de 200 obras de Mauritz Cornelis Escher.

O artista gráfico holandês, que morreu em 1972, tornou-se conhecido pelas representações de construções geométricas impossíveis, usando a linha do infinito ou ilusões de ótica. Algumas das peças que vão poder ser vistas no museu lisboeta são “Belvedere”, “Relatividade” e “Mão com Esfera Reflectora”.

A exposição será inaugurada a 24 de novembro e poderá ser vista até 27 de maio. Vai ter ainda equipamentos didáticos, experiências científicas sensoriais e visitas guiadas.

Quem traz “Escher” a Portugal é a Arthemisia, uma das principais empresas mundiais de organização de exposições de arte, que chega a Portugal pela primeira vez. Os bilhetes gerais vão custar 11€, embora haja alguns descontos e entradas especiais para grupos. Ainda não foram colocados à venda.

“Mão com Esfera Reflectora”, um auto-retrato de Escher.