NiTfm live

Livros

Como Stan Lee criou 4 dos seus super-heróis mais famosos

Thor, Hulk, Homem-Aranha e Homem de Ferro. A lenda da Marvel morreu esta segunda-feira, 12 de novembro. Tinha 95 anos.

Stan Lee sempre defendeu bastante as suas personagens.

É uma das figuras mais importantes da cultura pop ocidental das últimas décadas. Stanley Martin Lieber, conhecido como Stan Lee morreu esta segunda-feira, 12 de novembro, aos 95 anos. Trabalhou quase a vida inteira na Marvel — começou a carreira em 1939 — e nunca se reformou propriamente. Stan Lee gostava tanto do que fazia que quase nunca tirava férias nem folgas.

Nasceu em Manhattan, Nova Iorque, de uma família judaica imigrante da Roménia. Cresceu a alimentar o sonho de um dia escrever “O Grande Romance americano”. Em vez disso, criou grandes heróis. Foi a partir da sua mente — e caneta — que nasceram algumas das personagens mais famosas de banda desenhada do mundo (e que depois ganharam uma nova dimensão quando começaram a chegar ao cinema).

Homem-Aranha, Hulk, Thor, Quarteto Fantástico, X-Men, Daredevil, Os Vingadores ou Black Panther são alguns dos protagonistas mais conhecidos criados por Stan Lee, entre tantos, tantos outros. Talvez a sua personagem mais icónica seja mesmo o Homem-Aranha — que fez com o ilustrador Steve Ditko.

Supostamente, Stan Lee queria fazer personagens mais humanas, com problemas e características com que as pessoas se pudessem identificar, para contrastar com os rivais da DC Comics — os seus maiores protagonistas, como Super-Homem, Mulher-Maravilha, divinos e perfeitos, e Batman, com problemas muito distantes dos comuns mortais.

Por exemplo, os X-Men são pessoas que não se encaixam na sociedade e O Coisa, do Quarteto Fantástico, tem problemas e inseguranças com a sua aparência grotesca. Stan Lee sempre se interessou por arriscar nas suas personagens e pelos desafios que isso trazia.

Carregue na galeria para conhecer as histórias por detrás de quatro dos seus super-heróis mais famosos (e um extra).