Livros

Porto: abriu uma loja de livros em inglês — onde pode beber shots de vodka

A Trezor fica no centro da cidade e tem novidades e clássicos, além de receber exposições.

Há clássicos e novidades.

Há oito anos que Luka Palan trabalhava em livrarias de Praga, na República Checa, país onde nasceu. Deixou tudo, no ano passado, pela portuguesa que se apaixonou que estava a estudar na capital checa e mudou-se para Portugal. Só que a única coisa que sabe fazer na vida, segundo conta à NiT, é vender livros. Por isso decidiu abrir a 13 de abril a Trezor, no Porto.

É a nova livraria da cidade, que, por enquanto, ainda só tem livros em inglês já está a negociar com várias editoras portuguesas a possibilidade de vender as suas obras. Há cerca de 500 novos e uns 150 usados, mais ou menos antigos.

“No Porto existem as livrarias grandes, como a Fnac e a Bertrand, que são uma confusão, e as antigas, com senhores velhinhos, livros velhos e um silêncio demasiado desconfortável. Então quis fazer um meio termo”, explica à NiT.

A grande maioria são livros de ficção sejam romances, thrillers, policiais ou histórias de terror. Também há espaço para a poesia e livros de não ficção. Os novos variam entre os 9€ e os 15€, enquanto os usados rondam os 5€. “Só tenho duas regras: 90% do que vendo não existe na Fnac e Bertrand, 50% do que vendo já li e posso recomendar.”

Luka Palan lê cerca de 100 livros por ano, o que dá uma média impressionante de um livro por 3,65 dias. Desta forma, é a melhor pessoa para sugerir que livros os clientes devem comprar, com base nos seus gostos. Além disso, como é checo, tem trabalhos de vários autores daquele país, mas também polacos, romenos ou da Escandinávia que diz não se conseguir encontrar por cá. Pode consultar o catálogo completo no site da Trezor, onde também pode encomendar os livros. Há também uma secção só de livros estrangeiros sobre Portugal.

Se entrou neste artigo por causa dos shots de vodka, não desespere, chegámos a esse assunto. Para animar as leituras na Trezor há 25 lugares sentados no espaço de 70 metros quadrados Luka Palan serve shots no seu pequeno bar. E existem alguns truques secretos que o checo não teve problemas em partilhar com a NiT. Se comprar um livro de Fiódor Dostoiévski, recebe um shot de vodka grátis. Caso leve para casa um de Henry Miller, tem direito a um de rum pelo seu bom gosto o livro favorito de Luka Palan é “Trópico de Câncer”, do autor americano.

De qualquer forma, pode sempre pedir shots (4€), cervejas Coruja (2,50€) ou um copo de vinho (3€), seja tinto ou branco. Tem o português Muralhas e algumas opções espanholas. Peça ainda café (Luka Palan tem todo o gosto em oferecer um), água ou refrigerantes, além de uns aperitivos checos que não deverá ser fácil encontrar em Portugal.

O espaço, que era uma antiga loja de aluguer de bicicletas, tem uma pequena segunda sala que vai receber exposições de artistas locais. Luka Palan já contactou alunos do Instituto Português de Fotografia (que fica mesmo ali ao lado) e da Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto. A ideia é também acolher pequenas apresentações de livros, workshops e outros eventos.

Carregue na galeria para conhecer melhor a Trezor.

localização, contactos e horários

morada
  • Trezor [ver mapa]
    Rua do Ferraz, 22, Porto
    4050-250 Porto - Portugal
    localização
    Porto
site e redes sociais
horários
  • Das: 10:00
  • Às: 19:00
  • Quinta-feira e sábado a partir das: 12:00
  • Quinta-feira até às: 21:00
  • Sábado até às: 20:00
  • Fecha ao domingo e segunda-feira