NiTfm live

Livros

José Luís Peixoto vence o prémio brasileiro Oceanos

O escritor português foi premiado pelo romance “Galveias”.

O escritor escreveu o primeiro romance em 2000

José Luís Peixoto é o vencedor do Oceanos — Prémio de Literatura em Língua Portuguesa, organizado no Brasil, com o romance “Galveias”, publicado em Portugal em 2014. O anúncio foi feito na noite de terça-feira, 6 de dezembro, em São Paulo, no Brasil.

O livro, com o nome da terra do escritor alentejano, conta uma história passada no País rural, com personagens típicas dessas regiões, a partir de um incidente inquietante da queda de um meteorito.

O outro livro português finalista, ainda em competição, era “Uma menina está perdida no seu século à procura do pai”, de Gonçalo M. Tavares. Ficou nos dez primeiros lugares. Além de Peixoto, os premiados foram brasileiros: “A Resistência”, de Julián Fuks, “O Livro das Semelhanças”, de Ana Martins Marques, e “Maracanazo e Outras Histórias”, de Arthur Dapieve.

No total, concorreram 740 obras, de livros de poemas a romances, de textos dramáticos a contos ou crónicas. O júri da segunda edição do Oceanos — que veio substituir o Prémio Portugal Telecom — é composto por escritores e investigadores. Além do prestígio de vencer um dos maiores prémios literários da lusofonia, José Luís Peixoto levou para casa um cheque de cerca de 27 mil euros.

Nascido em 1974, o escritor estreou-se com um romance em 2000, com “Morreste-me”. Desde então, publicou livros como “Uma Casa na Escuridão” ou “Cemitério de Pianos”.

José Luís Peixoto - Galveias
“Galveias” é uma edição da Quetzal