NiTfm live

Livros

Já se sabe qual é a Palavra do Ano

O público votou durante um mês inteiro para escolher o termo que mais marcou 2019.
Foi eleita entre dez palavras.

“Violência [doméstica]”. É esta a Palavra do Ano de 2019, escolhida por todos os portugueses que votaram durante o mês de dezembro no site da Porto Editora, grupo que anualmente elege aquele que foi o termo que marcou o ano. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira, 6 de janeiro, na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures.

“Violência [doméstica]” teve 27,7% do total de 20 mil votos. A escolha é explicada pela Porto Editora “em consequência dos inúmeros casos que foram sendo conhecidos ao longo do ano e que, infelizmente, resultaram em vítimas mortais – de acordo com notícias recentes, foram 35 mulheres, homens e crianças assassinadas em Portugal no contexto de violência doméstica só no ano passado”.

A palavra bateu assim outros termos, como “desinformação”, “jerricã”, “lítio”, “multipartidarismo”, “influenciador”, “nepotismo”, “seca”, “sustentabilidade” e “trotinete”. No ano passado, a palavra escolhida foi “enfermeiro”. Veja como ficou a distribuição de votos.

Violência [doméstica] — 27,7%
Sustentabilidade — 27,6%
Desinformação — 13,8%
Jerricã — 7,5%
Nepotismo — 5,7%
Seca — 4,3%
Trotinete — 4,2%
Lítio — 4,2%
Influenciador — 4,0%
Multipartidarismo — 1,0%