Livros

“Dias que (Não) Contam”: o livro escrito pelo ator João Ricardo durante a doença

Vai estar à venda nas livrarias a partir de 13 de fevereiro e chega três meses depois da morte do ator.

Uma história de vida difícil.

“Sou ator há 40 anos, mas já o era muito antes de o ser.” É assim, de forma simples, que João Ricardo, que morreu a 23 de novembro do ano passado, se descreve no livro que escreveu durante a luta contra o cancro. Agora, “Os Dias que (Não) Contam”, onde estão as memórias do ator, vai chegar finalmente às livrarias, a 13 de fevereiro.

Na biografia, editada pela Oficina do Livro, João Ricardo revela que teve uma vida difícil. Conta que aos 9 anos o pai obrigou-o a trabalhar numa fábrica de caixas, depois numa pastelaria e, aos 12 anos, era ajudante de motorista. Ainda ajudou nas obras na construção das Amoreiras.

”Era um adolescente de 16 anos, frustrado, magoado, carente, vazio.” Também não esconde que foi sem-abrigo, mas recusa que tenha sido um “coitado”.

“Sim, houve alturas em que não tive nada. Mas também houve outras em que tive tudo. Sim, a vida tirou-me muito. Mas tirou tudo o que devia tirar na altura certa e deu-me tudo o que eu queria na altura certa. Fez de mim quem sou. Um homem que tem tanto de bom como de mau embora goste de acreditar que tenho um bocadinho mais de bom que de mau”, conta.

A biografia vai ser apresentada a 22 de fevereiro, às 18h30, no Bar do Teatro A Barraca, pelo filho, Rodrigo Ricardo, em conjunto com os actores Paulo Oom e Custódia Gallego. Na Wook, o livro já está disponível para pré-venda. Custa 13,90€.