NiTfm live

Cinema

“Variações” teve uma das melhores estreias de sempre no cinema

A produção de João Maia superou ainda os primeiros fins de semana de “Assim Nasce uma Estrela” ou “Rocketman”.
O filme estreou a 22 de agosto. Foto de João Pina

“Variações”, o filme português que conta a história de António Variações, foi a história mais vista nos cinemas em Portugal desde a estreia, a 22 de agosto. Mais de 49 mil espectadores foram ver a produção de João Maia nos primeiros quatro dias em sala, o que corresponde a uma receita de bilheteira de quase 272 mil euros.

Em segundo lugar ficou “Assalto ao Poder”, que foi visto por 48 mil e 500 espectadores. Na terceira e quarta posição da lista mantêm-se “Era uma Vez em… Hollywood”, com 34 mil pessoas, seguido de “O Rei Leão”, que registou mais de 28 mil espectadores. 

Em comparação com alguns dos filmes mais populares ligados à música no último ano, “Variações” ficou à frente de “Rocketman” — o projeto sobre Elton John —, que foi visto por quase 12 mil pessoas no fim de semana de estreia; e superou ainda “Assim Nasce Uma Estrela”, que teve pouco mais de 37 mil pessoas. Contudo, “Bohemian Rhapsody” ficou muito à frente no ranking, já que foi visto por mais de 95 mil espectadores nos primeiros dias depois da estreia.

De qualquer forma, é a melhor estreia do ano para uma produção portuguesa — e é, na verdade, uma das melhores de sempre. Se compararmos com outros filmes nacionais, “Variações” fica em sexto, atrás de “Morangos com Açúcar”, “Pátio das Cantigas”, “Corrupção”, “7 Pecados Rurais” e “Balas & Bolinhos — O Último Capítulo”. Os dados foram disponibilizados pelo ICA.

Leia a reportagem da NiT nos bastidores da banda Variações no NOS Alive e descubra o roteiro dos sítios em Lisboa que marcaram a vida do músico português — e que, por isso, fizeram parte do filme.