NiTfm live

Cinema

Lisboa vai ter um cineclube brasileiro com filmes do outro lado do oceano

O espaço faz parte da Casa do Brasil de Lisboa, no Bairro Alto, e as exibições serão todas gratuitas.
"Marighella" será um dos documentários exibidos no Cineclube.

Lisboa vai ter um novo Cineclube Brasileiro a partir da próxima quarta-feira, 8 de janeiro. O espaço será inaugurado dentro da Casa do Brasil de Lisboa (CBL), às 19h30, e terá uma programação cultural dedicada a filmes e documentários com o tema da imigração.

Com curadoria de Lídia Ars Mello, o Cineclube da CBL começa com uma mostra de filmes políticos brasileiros contemporâneos, durante o mês de janeiro. Todas as obras selecionadas são de realizadoras mulheres e serão exibidas sempre às quartas-feiras, a partir das 19h30.

Durante o resto do ano, de fevereiro a dezembro, o Cineclube vai centrar-se na temática que envolve a área de atuação da CBL, com o objetivo de estimular os seus associados e o público em geral a assistir aos filmes e depois discutir e refletir sobre o papel do cinema.

O filme de abertura chama-se “Os Dias Com Ele“, de Maria Clara Escobar. A primeira sessão terá a presença da realizadora brasileira que está de passagem pela Europa para participar no Festival de Cinema de Rotterdam com o filme “Desterro“.

Outro destaque do mês de janeiro é o documentário “Marighella”, de Isa Grinspum Ferraz, que faz um retrato político e afetivo sobre o líder revolucionário Carlos Marighella, durante a ditadura militar no Brasil.

As sessões de cinema serão sempre comentadas por profissionais deste ramo e de pessoas ligadas aos direitos humanos que tenham afinidade com o tema para incentivar ao debate e a troca de ideias com os espectadores.

O Cineclube fica no número 42 da Rua Luz Soriano, no Bairro Alto, em Lisboa. A entrada é gratuita, mas é preciso levantar o bilhete pelo menos 15 minutos antes da hora marcada.