NiTfm live

Cinema

Diogo Morgado vai realizar filme sobre o herói português da revolução americana

Peter Francisco é o protagonista desta produção que terá um orçamento de cerca de 13 milhões de euros.
O português será o realizador.

Depois de “Solum”, um filme de ficção científica semelhante a “Jogos de Fome”, a próxima produção realizada por Diogo Morgado vai ser “Luso”. Conta a história real de Peter Francisco, um açoriano que foi um herói da revolução americana, diz a Agência Lusa, citada pelo “Sapo”.

O produtor e argumentista do projeto, Travis Bowman, é trineto de Peter Francisco, que nasceu em 1760 e foi raptado com apenas cinco anos. Foi em 1765 que foi abandonado num porto do estado americano da Virgínia, vindo dos Açores.

Aos 16 anos já tinha um metro e 98 centímetros de altura e 118 quilos. Alistou-se no regimento da Virgínia para a revolução e participou em batalhas históricas, onde teve um papel fundamental.

Recebeu a alcunha de “Luso” de um general. O primeiro presidente dos EUA, George Washington, disse que sem Peter Francisco os EUA podiam ter perdido a guerra contra os britânicos. Washington mandou fazer de propósito uma espada de um metro e oitenta para o português. Em várias cidades dos EUA há monumentos de homenagem ao herói de guerra Peter Francisco, que era um soldado extraordinário.

“Luso” terá um orçamento de cerca de 13 milhões de euros. A ideia é produzir um filme independente com as características de grandes dramas históricos focados num herói, como “Braveheart” ou “Gladiador”. O argumento partiu do livro que Bowman publicou em 2009 sobre a história do seu antepassado. Depois, fez um pequeno documentário para o Canal História acerca do tema.

O elenco vai incluir Daniela Ruah, Sónia Braga e Fredy Costa, com Brian Patrick Wade no papel principal de Peter Francisco. Wade e Travis Bowman já reuniram em Portugal com o ICA, que tem um programa para apoiar produções internacionais no País, e com a NOS, para garantir a distribuição nacional.

As filmagens deverão arrancar em 2020 e vão acontecer em Portugal e nos estados americanos da Carolina do Norte e Virgínia. A estreia poderá acontecer em 2022.