NiTfm live

Cinema

Como Bradley Cooper se tornou um cantor para fazer “Assim Nasce Uma Estrela”

É o primeiro filme realizado pelo ator e o terceiro remake de um clássico. Cooper está a brilhar tanto quanto Lady Gaga.

Ambos estão a ser elogiados pela crítica.

É um dos filmes do ano e está quase a chegar. “Assim Nasce Uma Estrela” é o primeiro projeto realizado por Bradley Cooper, que atua também ao lado da cantora Lady Gaga. Estreou em Portugal a 11 de outubro.

A história é um remake do filme original de 1937, que teve versões musicais em 1954 e em 1976. Esta última adaptação foi a mais popular e tinha um elenco com outras duas super estrelas na altura: Barbra Streisand e Kris Kristofferson.

Bradley Cooper é Jackson Maine, um cantor de country famoso que está em decadência, com um problema grave de alcoolismo, desgastado pelo pó dos festivais de música e da vida exigente na estrada. Já Lady Gaga interpreta Ally, uma jovem e talentosa cantora/compositora. Apesar de ter mini e quase invisível currículo como atriz, Stefani Germanotta (o seu nome verdadeiro) está a ser elogiada pela crítica internacional. “Assim Nasce Uma Estrela” estreou nos EUA a 5 de outubro e é um dos potenciais candidatos ao Óscar de Melhor Filme.

Maine descobre o talento de Ally num bar e fica tão impressionado que a convida para cantarem juntos. A relação entre os dois vai crescendo lentamente. O filme acompanha o percurso na música e a relação pessoal de ambos — que é afetada pelos problemas constantes da vida de Jackson Maine.

Para interpretar esta personagem, Bradley Cooper teve de trabalhar de forma intensiva para se transformar num verdadeiro cantor de country em apenas seis meses. Segundo a “W Magazine”. Cooper tocava baixo quando era um miúdo, mas teve aprender a tocar guitarra e piano para este papel.

“Fizemos um esquema de todos os meus horários, dia após dia”, revelou à revista americana, citada pelo “The Wrap”. “Eu acordava e ia treinar, antes de ter duas horas de aulas de guitarra e duas horas de aulas de piano. Almoçava. E depois o Lukas Nelson [o filho do famoso Willie Nelson], o meu colaborador, vinha cá a casa para compormos música durante uma hora e meia.”