NiTfm live

Cinema

Como Bradley Cooper salvou os amigos de Hollywood do álcool e das drogas

O ator, que tem um passado de alcoolismo, tem ajudado vários colegas a sair de situações parecidas com a sua.
Bradley não vira as costas aos amigos

Em 2018 o mundo rendeu-se à história de Jack Maine e Ally no filme “Assim Nasce uma Estrela”, protagonizado por Bradley Cooper e Lady Gaga. Ao interpretar um músico viciado em drogas e álcool o ator teve que voltar a enfrentar o seu passado — em parte semelhante ao da personagem.

Durante 11 anos, Bradley Cooper lidou também ele próprio com problemas de álcool e drogas e não tem tido pudor em admiti-lo em entrevistas, como fez em 2013 com a “GQ”. Foi aos 29 anos que decidiu afastar-se da vida que levava porque percebeu que aquele não seria o caminho ideal: “Se eu continuasse, ia realmente sabotar toda a minha vida”.

Um ano antes, o ator de êxitos como “Sniper Americano” ou “Guia para um Final Feliz” tinha revelado numa entrevista citada pelo “El País” que as inseguranças e baixa autoestima tinham sido as principais responsáveis por colocá-lo numa posição onde não queria mais estar.

“Preocupava-me tanto com o que os outros pensavam de mim, como me apresentava ao mundo, como sobreviveria ao meu dia a dia. Sentia-me sempre como um estranho. Só vivia dentro da minha cabeça. Pensava que não ia estar à altura do meu potencial e isso assustava-me. Pensei que ia arruinar a minha vida.”

Cooper e Ben Affleck animados numa cerimónia.

Esses problemas estão ultrapassados e Bradley pegou na sua própria experiência não só para a emprestar a personagens no cinema, como para ajudar amigos que passam por situações semelhantes. Como é sabido, Hollywood tem muitos casos destes. O último a revelá-lo foi Ben Affleck, a 20 de fevereiro, numa entrevista ao programa “Good Morning America” da “ABC News”.

O ator e produtor contou que também ele teve vários problemas de alcoolismo e que isso acabou por estar relacionado com o seu divórcio de Jennifer Garner, depois de um casamento de dez anos que começou em 2005. Foi um dos momentos dos quais mais se arrepende na vida.

“Bebi de maneira relativamente normal durante muito tempo. O que aconteceu foi que comecei a beber mais e mais quando o meu casamento estava a desmoronar-se. Isto foi entre 2015 e 2016 e, claro, criou mais problemas conjugais.”

Consciente deste seu problema, Affleck entrou para uma clínica de desintoxicação em 2018 e posteriormente anunciou que estaria totalmente sóbrio. Ainda assim, isso não o impediu de ter algumas recaídas nos últimos meses. Valeram-lhe os amigos: “Tipos como o Bradley [Cooper] e o Robert [Downey Jr.] foram uma grande ajuda para mim. Realmente têm sido um grande apoio e são homens maravilhosos”.

Sobre o processo de recuperação, Ben Affleck sublinhou que uma das partes mais importantes é assimilar certos valores. Ser honesto, responsável e ajudar outros faz parte de toda esta jornada e parece ser um papel ao qual Bradley Cooper se tem dedicado com afinco.

A estrela de “A Ressaca” tem sido elogiada por vários amigos ao longo dos últimos tempos e também Brad Pitt teve algumas palavras simpáticas para dizer em público. Depois de revelar que os seus problemas com o álcool tinham estado na origem do divórcio com Angelina Jolie, em 2017, Pitt contou que uma peça fundamental para a sua recuperação tinha sido o amigo Bradley.

Brad Pitt e Bradley Cooper são amigos de longa data.

“Fiquei sóbrio por causa do Bradley e todos os dias são mais felizes desde então. Adoro-te e agradeço-te por isso”, disse Pitt em janeiro quando recebeu das mãos do amigo o prémio de Melhor Ator Secundário na gala da National Board of Review of Motion Pictures pelo seu papel em “Era Uma Vez Em… Hollywood”.

Durante o discurso, Brad Pitt fez ainda um elogio em forma de piada, dizendo que Cooper tinha passado rapidamente pela cerimónia depois de cumprir os seus deveres de pai. “Bradley acaba de adormecer a sua filha [Lea de Seine, de dois anos, fruto da relação com Irina Shayk] e correu para cá para dar-me o prémio”, brincou.

Piadas à parte, Bradley Cooper parece ser o verdadeiro herói de Hollywood ao ajudar vários colegas a ultrapassar momentos complicados de adição, um problema que ele tão bem conhece.