Cinema

“Big Little Lies” vence quatro prémios nos Critic Choice Awards

No cinema, foram “A Forma da Água” e “Três Cartazes à Beira da Estrada” que estiveram em destaque.

A Melhor Minissérie do ano.

A época de prémios do cinema e da televisão continua e desta vez foi a cerimónia dos Critic Choice Awards, que aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 12 de janeiro, em Santa Monica, nos EUA.

“Big Little Lies” foi a série com mais prémios: foi considerada a Melhor Minissérie, com a Melhor Atriz de Minissérie ou Telefilme (Nicole Kidman), o Melhor Ator Secundário de Minissérie ou Telefilme (Alexander Skarsgård), e a Melhor Atriz Secundária de Minissérie ou Telefilme (Laura Dern).

“The Handmaid’s Tale” também levou para casa vários prémios. Elisabeth Moss foi considerada a Melhor Atriz de Drama e Ann Dowd a Melhor Atriz Secundária. A série produzida pela Hulu, baseada num livro de Margaret Atwood, é a Melhor Série de Drama do ano para os Critic Choice Awards.

Sterling K. Brown venceu o prémio Melhor Ator de Drama, pelo papel em “This is Us”; David Harbour foi considerado o Melhor Ator Secundário de Drama, por interpretar o xerife de Hawkins em “Stranger Things”; e a Melhor Comédia do ano foi “The Marvelous Mrs. Maisel”, da Amazon.

No cinema, foi “A Forma da Água” que foi considerado o Melhor Filme — e o realizador Guillermo del Toro também venceu o prémio na sua categoria. O Melhor Ator foi Gary Oldman, por interpretar o primeiro-ministro britânico Winston Churchill em “A Hora Mais Negra”; e o prémio de Melhor Atriz foi atribuído a Frances McDormand, por protagonizar “Três Cartazes à Beira da Estrada”.

Esta comédia negra — que já pode ser vista nos cinemas portugueses — teve ainda Sam Rockwell como o Melhor Ator Secundário e o Melhor Elenco.

Depois de vencer um Globo de Ouro e das acusações de assédio sexual, James Franco foi considerado o Melhor Ator de uma Comédia, pelo que fez em “Um Desastre de Artista”, mas foi “Amor de Improviso” que foi considerada a Melhor Comédia.

Allison Janney foi considerada a Melhor Atriz Secundária, pelo papel em “Eu, Tonya”. “Foge”, de Jordan Peele, venceu o Melhor Argumento Original. “Coco” foi considerado o Melhor Filme de Animação do ano. Conheça os resultados completos no site dos Critic Choice Awards.