Moda

Foi assim o último desfile da Chanel da era Karl Lagerfeld

Aconteceu esta terça-feira, 5 de março, na Semana da Moda de Paris, em França.
Houve lágrimas na passerelle.

Era, de longe, o desfile mais esperado deste ano da Semana da Moda de Paris, em França. Esta terça-feira, 5 de março, foi apresentada a última coleção da Chanel da era Karl Lagerfeld. O famoso estilista — que era diretor artístico da marca há 36 anos — morreu a 19 de fevereiro, aos 85 anos.

Houve lágrimas na passerelle por parte das várias modelos que desfilaram, que foi precedido por um minuto de silêncio em homenagem ao criador alemão. Karl Lagerfeld não quis nenhuma cerimónia oficial de despedida — este desfile acabou por simbolizar isso mesmo.

O evento aconteceu sob os telhados de vidro do Grand Palais, como se tudo ali se tratasse de uma estância de ski — havia flocos de neve, árvores esbranquiçadas e chalés de madeira. Na passerelle, a vestir a nova coleção da Chanel, estiveram nomes como Penélope Cruz, Cara Delevingne ou Kaia Gerber, a filha de Cindy Crawford.

A portuguesa Maria Miguel também foi uma das modelos escolhidas para apresentar a mais recente linha da marca.

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

As the fashion community said goodbye to @chanelofficial’s legendary designer Karl Lagerfeld, his muses united on the runway for his final show. The brand’s Fall 2019 collection featured the runway debut of actress @penelopecruzoficial, who sauntered down the snow-covered set at the Grand Palais. The Oscar-winner, who became a Chanel face in 2018, was among the many members of Lagerfeld’s inner circle to take part in the show. Tap the link in our bio to see the full collection. Photographed by @coreytenold

A post shared by Vogue (@voguemagazine) on

A assistir na primeira fila estavam a atriz Monica Bellucci, a cantora de K-Pop Jennie, a modelo Claudia Schiffer e a editora da versão americana da revista “Vogue”, Anna Wintour, entre outras, como a cantora e atriz Janelle Monáe e a também atriz Kristen Stewart.

A voz de Karl Lagerfeld ecoou pelo Grand Palais. A Semana da Moda de Paris transmitiu um excerto de uma entrevista que o estilista alemão tinha dado na altura em que se estreou pela Chanel — e nessa época muitos duvidavam que ele conseguisse estar à altura.

A combinar com a estância de ski e os respetivos flocos de neve, esta coleção teve sobretudo peças em branco e usou padrões clássicos como o xadrez. Viram-se sobretudos, lãs típicas das camisolas de montanha e, no final, alguns modelos mais desportivos e com cores vivas.

Além de Lagerfeld, a nova linha da Chanel foi assinada por Virginie Viard, braço direito do alemão há mais de 30 anos e o nome que vai ocupar o lugar dele na marca francesa. Leia o artigo da NiT sobre a estilista.

A Semana da Moda de Paris distribuiu ainda exemplares de um desenho feito por Karl Lagerfeld em que o próprio aparece ao lado de Coco Chanel, com a frase “the beat goes on” — que se pode traduzir como “a batida continua” e é uma mensagem da marca que, apesar do luto, pretende continuar o legado.

O final do desfile foi o momento mais emotivo. Encerrou enquanto se ouvia “Heroes”, o icónico tema de David Bowie — que já tinha servido para homenagear Lagerfeld na Semana da Moda de Milão.

Leia o artigo da NiT sobre Karl Lagerfeld, o génio da moda que vivia obcecado com a magreza extrema.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT