Lojas e marcas

Pode usar esta lingerie híbrida para ir trabalhar e dar um mergulho na praia a seguir

A Y.OM Hybrid Underwear vende cuecas e soutiens que podem ser usados no mar ou numa piscina e secar facilmente como swimwear.
As peças são lindas.

Há uma nova marca de lingerie que foi desenvolvida a pensar no “dia a dia corrida das mulheres” que precisam de ir diretas de um dia de trabalho para uma festa na piscina ou querem dar um mergulho na praia ao fim de um dia de calor. Chama-se Y.OM Hybrid Underwear e tem peças lindas e híbridas que podem ser molhadas como se fossem biquínis.

A ideia original foi da brasileira Melina Cohen Rubin, de 34 anos. “A marca foi criada com o intuito de trazer conforto e praticidade para a roupa íntima e vestir uma mulher que se pode sentir segura, poderosa e feliz na sua própria pele”, explica à NiT.

View this post on Instagram

Exclusive hybrid pattern { tropical coconut palms + zebra graphics } Ocher background our Y.OM color #yom.pt #mixhybrid #hotpant #doubleface #jokershape #hybridlingerie

A post shared by Y.OM hybrid Underwear (@yom.pt) on

Melina é natural de Porto Alegre, no sul do Brasil, e está a viver em Portugal há dois anos. Tirou um curso de Moda no Rio de Janeiro e em Florença, Itália, especializou-se em Comunicação de Moda de Luxo. Com este percurso, o passo natural acabou por ser criar uma marca própria, um desejo que tinha desde miúda.

Sempre tive gosto por empreender, em criança vendia doces nas praias durante as férias de verão”, recorda divertida, acrescentando: “Durante a faculdade já pensava em ter a minha marca, mas foi só ao chegar a Portugal que vislumbrei exatamente qual seria esse produto”.

A sua visão era precisamente criar uma linha de roupa íntima híbrida, que tivesse flexibilidade para ser usada também para dar mergulhos no mar. Todas as peças da Y.OM — lançada no início deste mês — são elegantes e minimalistas, inspiradas nas cores e elementos da Terra para a primeira coleção e sem recorrer às rendas e enchimentos que são normalmente característicos destes produtos.

“Sou muito ligada à astrologia e esse é o elemento que mais tenho no meu mapa. Nas próximas coleções queremos trazer elementos da água, do ar e do fogo”, revela. As matérias primas são escolhidas privilegiando a qualidade e a durabilidade, “um dos valores essenciais da marca”, defende Melina.

Muitas das peças são feitas com materiais orgânicos que são importados — a produção é feita no Brasil. São feitas em pequena escala, com estampados exclusivos e, por isso mesmo, os preços acabam por refletir o custo exigido nesta cadeia e variar bastante: podem ir dos 40€ aos 125€.

A coleção inclui cerca de 40 cuecas e soutiens e ficou disponível este sábado, 4 de julho, no site oficial da Y.OM, de onde pode fazer as encomendas para casa e conhecer todas as propostas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT