Lojas e marcas

A nova coleção da Voke Swimwear é feita com plástico recolhido dos oceanos

Chama-se "Mar Afora, Coração Adentro" e conseguiu fazer o impossível: tornar o lixo sexy.
A campanha faz referência à origem dos materiais.

No verão de 2020, a maior tendência de todas é a sustentabilidade. Com a provocação “o lixo pode ser sexy?”, a Voke Swimwear lançou no final de maio um vídeo para promover a sua nova coleção no Instagram, que conta com 16 biquínis e fatos de banho feitos a partir de redes de pesca e outros resíduos de nylon — um tipo de plástico produzido a partir de petróleo bruto — abandonados nos oceanos.

Para cumprirem este objetivo, Inês Franco e Sofia Charola, as fundadoras, escolheram lycras com base do fio Econyl, um material reciclado, produzido cem por cento a partir de resíduos sintéticos, desperdícios da indústria da moda, plástico industrial e redes de pesca largadas nos mares.

View this post on Instagram

Head to VOKESWIMWEAR.COM and help us close the loop. A nossa primeira coleção Earth-Friendly já está disponível. Vá a VOKESWIMWEAR.COM e ajude-nos a fechar o ciclo. #warriornotworrier Film: @joaomrebelo Production:@voke_swimwear Model: @_indiabranquinho_ Makeup: @makeupbytecas Hairstylist: @letshair

A post shared by VOKE Swimwear™ (@voke_swimwear) on

A linha foi batizada de “Mar Afora, Coração Adentro”. Os modelos têm cores vivas e silhuetas bonitas, cheias de detalhes e pormenores como botões de madeira, cintos, elásticos largos e alças ajustáveis.

Algumas das propostas destacam-se pelos cortes originais que se assemelham a jardineiras, um dos clássicos da marca, com presilhas metálicas e até bolsos na parte da frente, como no caso do The Ocean is Bigger Than Anything I Feel For You (“o oceano é maior que qualquer coisa que sinta por ti”, em tradução livre) ou do The Earth Needs All The Friends it Can Get (“a Terra precisa de todos os amigos que conseguir”).

Já os nomes originais das peças fazem referência à sustentabilidade, com alusões ao planeta, aos mares, aos despojos nos oceanos e à natureza, muitas vezes em forma de provocação — Do You Care? (ou “preocupas-te?”) e Give a Damn (“importa-te”) são talvez os apelos mais diretos que a Voke faz aos seus clientes.

Na loja online já pode encontrar todas as propostas, com preços que vão dos 50€ aos 120€. Todos os biquínis podem ser comprados em separado e as partes de cima e de baixo têm preços individuais que correspondem exatamente ao valor total do conjunto — assim, a motivação é maior para personalizar os tamanhos consoante a preferência (e o corpo) de cada um.

Porém, são menos propostas do que o costume. As fundadoras justificam-no com uma procura por tornar cada peça mais única e especial. “Esta é uma coleção mais exclusiva, com um menor número de peças mas feita com uma maior gratidão e bondade”, revelam.

“Não podiam faltar as silhuetas bem acentuadas e alongadas com inspirações vintage”, descrevem, revelando também que todo o branding foi repensado para ter novas opções 100 por cento sustentáveis.

Além do site, encontra os modelos “Mar Afora, Coração Adentro” no showroom da Voke Swimwear, que fica no número 3 da Avenida António José de Almeida, em Lisboa, e na NÄZ Concept Store, no Lx Factory.

A marca foi lançada em 2014 pelas duas amigas, Sofia e Inês, que se conhecem desde os cinco anos. O design irreverente e muitas vezes provocador ganhou rapidamente espaço no mundo do swimwear e tornou-se popular entre influencers e até it girls internacionais — em 2016, Kendall Jenner usou um fato de banho desenhado pela Voke em colaboração com o criador Filipe Faísca.

A seguir, carregue na galeria para conhecer algumas propostas da nova coleção, feita com materiais reciclados de plástico recolhido nos oceanos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT