Lojas e marcas

Bisarro: a marca portuguesa de cerâmica que é totalmente sustentável

A smart Portugal vai apoiar projetos ecológicos que mobilizem a cidade em áreas como a moda, a gastronomia, a arte e a inovação.
O barro preto é típico de Vila Real. | Foto de Miguel Guedes Ramos

Chama-se Bisarro e é o projeto português que quer dar um toque de modernidade à cerâmica em barro preto, uma tradição artesanal da zona de Bisalhães, em Vila Real, que remonta ao século XVII. Ao apoiar a olaria portuguesa em vias de extinção, a Bisarro começou a preocupar-se cada vez mais com a sustentabilidade dos seus produtos.

A smart Portugal reparou nesta consciencialização. Para acompanhar a sua mais recente campanha “All electric, now!” em Portugal, a smart está a apoiar vários projetos sustentáveis criados por portugueses e que mobilizem a cidade em áreas como a moda, a gastronomia, a arte e a inovação. Para serem considerados aptos, todos os projetos têm de ser eco-friendly. 

Foi precisamente por isso que a marca de carros citadinos — que recentemente transformou toda a sua frota em veículos elétricos — decidiu entrar em contacto com os responsáveis pela Bisarro. O objetivo da smart é aproveitar as redes sociais para dar visibilidade a ideias sustentáveis como a de Renato Rio Costa (29 anos), Micael Bacelar Pereira (24 anos) e Daniel Bacelar Pereira (30 anos).

Nascidos e crescidos em Vila Real, Renato e Daniel frequentaram, em 2011, o curso de Design de Produto na Universidade da Beira Interior. Mais tarde, em 2017, Micael seguiu o mesmo percurso académico. Durante a licenciatura de Renato e Daniel, os estudantes foram desafiados a ilustrar as peças de cerâmica tradicionais de Bisalhães para um concurso académico de design — e acabaram por vencê-lo.

“Depois de vencermos o concurso para desenhar o troféu do Circuito Internacional de Vila Real, nasceu a Bisarro. Foi oficialmente lançada na Ambiente, a maior feira internacional de bens de consumo da Messe Frankfurt, na Alemanha, a 14 de fevereiro de 2017”, explicou à NiT Micael Bacelar Pereira.

A marca de peças de cerâmica em barro preto quer, sobretudo, dar destaque ao trabalho incansável dos artesãos de Vila Real e à qualidade do design português. É exatamente por isso que, durante o processo criativo, há sempre uma preocupação com o ambiente, que se traduz na utilização da cerâmica portuguesa e de materiais sustentáveis como a serradura e o papel nos métodos de empacotamento.

Cada peça de barro negro da Bisarro é desenhada pelos criadores e produzida nas oficinas dos artesãos, na zona de Vila Real, que trabalham em parceria com a marca.

“As cerâmicas da Bisarro são produzidas segundo o método tradicional declarado Património Imaterial da UNESCO. Esse complexo processo de fabrico implica que cada peça seja formal e esteticamente única, conferindo-lhe alma e personalidade, algo que não encontramos numa produção industrial”.

A peça Cunca.

Neste momento, a coleção da Bisarro inclui nove peças decorativas e utilitárias para a casa como os cântaros, os centros de mesa ou os alguidares de vários tamanhos. Estes últimos, por exemplo, foram desenhados para cozinhar ou servir à mesa, mas podem também ser utilizados como uma peça decorativa. 

Todos os produtos estão à venda no site da marca ou em lojas específicas. Caso da Porta 16 – Concept Store, em Vila Real; a Banema Studio, no Porto; ou a DOME Ethical Store, em Lisboa. Os responsáveis explicam que também estão a desenvolver novas peças exclusivas e novas coleções. “Elas vão acrescentar materiais complementares como a latoaria tradicional, a cortiça, entre outros”.

Foi exatamente por estas razões que a smart Portugal decidiu dar visibilidade a projetos locais deste género. “A Bisarro é, de facto, um projeto relevante e com um potencial extraordinário que tem valores de sustentabilidade, trazendo assim uma boa energia às cidades. Ambos os projetos podem complementar-se, elevando a campanha deste desafio através de um objetivo comum: dar voz à sustentabilidade e a projetos que a estimulem, como a Bisarro”, adianta Micael à NiT.

Se também quiser inscrever o seu projeto, basta preencher todos os dados do formulário que está no site da marca de carros. Tem até ao final deste ano para o fazer.

Este artigo foi escrito em parceria com a smart Portugal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT