Lojas e marcas

365 Inbox com dezenas de queixas por atrasos na entrega de material de proteção

Várias encomendas sofreram demoraram muito tempo a chegar e outras nunca chegaram a ser entregues. As queixas foram feitas à Deco.
Madeira tem 9 casos ativos.

Perto de três dezenas de clientes do site 365 Inbox utilizaram o portal “Reclamar” da Deco para procederem a queixas sobre encomendas feitas no início da pandemia do novo coronavírus. De acordo com a Deco, os consumidores “pagaram várias dezenas de euros por máscaras e outros dispositivos de proteção individual, tão procurados em tempos de pandemia”.

Em todos os casos, os artigos ou tardaram muito a chegar, ou nunca foram entregues. O site 365 Inbox disponibiliza uma grande variedade de oferta. Desde vestuário, a equipamento de proteção individual como máscaras ou viseiras, passando por eletrodomésticos, gaming, acessórios de telemóvel ou artigos para o lar.

O número de queixas refere-se apenas ao mês de maio. De acordo com as mesmas, os atrasos foram de várias semanas e a empresa não terá atendido os clientes, nem prestado explicações sobre os atrasos. A Deco afirma ainda que a 365 Inbox não procedeu a devoluções ou reembolsos, a não ser quando os consumidores fizeram chegar os produtos às suas instalações em 15 dias úteis.

Segundo a associação, este site tem um alerta nos “termos e condições” que avisa para a possibilidade de atrasos nas entregas devido ao surto de Covid-19. Porém, não se sabe há quanto tempo está visível no site, e é possível que a informação escape a muitos utilizadores.

A Deco afirma que a demora na entrega de encomendas tem sido uma realidade muito presente desde o estado de emergência. As principais causas prendem-se com as fronteiras com acesso condicionado, recursos humanos limitados em distribuidoras e transportadoras.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT