restaurantes

Os restaurantes virtuais (e que só fazem entregas) são a nova moda em Lisboa

Desde o final de março que têm surgido vários projetos sem espaço físico na cidade, apenas dedicados ao delivery.
O A-BAO-T é o novo projeto do grupo Sea Me.

Em plena pandemia, o grupo Sea Me não ficou parado. Poucos dias bastaram para que mesmo com a obrigatoriedade de encerrar espaços em março criasse novos conceitos de restauração em Lisboa. São virtuais e apenas dedicados ao delivery. O primeiro foi a hamburgueria Olívia. Mais tarde surgiu o A-BAO-T, com os conhecidos pãezinhos asiáticos cozidos ao vapor e com vários recheios.

Servem pratos como se de um espaço normal se tratasse. São restaurantes a sério, apesar de não terem um espaço físico nem fazerem serviço de take-away. Só mesmo as entregas em casa ou em escritórios é que contam para estes projetos. É a nova moda em Lisboa. 

O Pistola y Corazón é outro desses exemplos. O espaço no Cais do Sodré não é muito grande, mas isso não os impediu de criarem outro projeto. O Las Gringas tem um menu com uma espécie de quesadillas recheadas, servidas com uma tortilla de milho caseira.

Tem, por exemplo, a Carnitas, com carne de porco, queijo, guacamole, natas, feijão e molho chimichuri; ou Camarón a la Diabla, com camarão picante, abacate, queijo, picles de cebola roxa, feijão e molho de chimichurri.

Este foi um conceito criado em conjunto com o Kitch, a mais recente cozinha virtual que ajudou restaurantes a desenvolver projetos de delivery.

Carregue na galeria para conhecer as novas cozinhas virtuais de Lisboa.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT