restaurantes

Olívia: a nova hamburgueria de Lisboa que só faz entregas em casa

O Grupo Sea Me fechou os restaurantes na cidade, mas criou uma marca que apenas funciona com delivery.
Há 9 hambúrgueres para escolher.

Prego da Peixaria, Soão, Sea Me e Meat Me. Desde este domingo, 15 de março, que o grupo Sea Me fechou os restaurantes que tem em Lisboa, tudo devido ao surto de Covid-19. Ainda assim, nem tudo são más notícias. Além de manter o delivery no Prego da Peixaria, criou uma nova marca de hambúrgueres, a Olívia, que apenas funciona com entregas ao domicílio.

Numa altura em que grande parte da cidade está em isolamento ou a trabalhar a partir de casa, o grupo criou num dia um novo projeto para satisfazer os clientes que costumavam visitar os seus espaços em Lisboa.

A Olívia funciona numa parceria com a Uber Eats. O projeto vai começar a fazer entregas a partir desta terça-feira, 17 de março. No menu encontra nove sugestões de vaca, frango, mas também vegetarianos.

Os preços variam entre os 7,50€ e os 8,50€ e já incluem uma dose de batata frita. Tem, por exemplo, o Classic, com cebola roxa, alface, molho barbecue, servido em pão brioche, como todos; o Bacon, com cebola frita, bacon, ovo estrelado, alface, queijo chegar, molho barbecue; ou o Cheese, com picles, queijo cheddar, alface, tomate, cebola roxa, ketchup.

Classic.

O Chicken é uma das sugestões de frango, Junta bacon, alface, molho césar, queijo parmesão e cebola frita. Outra das propostas é o Thai, com molho alioli, salada slaw, cebola frita, queijo cheddar, alface. 

Para os vegetarianos tem o Veggie. É preparado com tofu, cogumelos salteados em sumo de laranja, maionese, picles, cebola roxa e espinafres. 

Até ao final da semana, o projeto vai chegar a mais zonas da cidade. A Olívia começa com entregas no Chiado e Alvalade, segue a partir de quarta-feira, 18 de março, para o Saldanha; e a partir de quinta, 19, em Algés, sempre no raio de três quilómetros. Através da Uber Eats, consegue perceber se lhe fazem entregas na sua residência ou trabalho.

Spicy.

Apesar de ter encerrado os vários espaços, o grupo Sea Me já adotava medidas de segurança suplementares desde o final de fevereiro, ainda antes do Covid-19 chegar a Portugal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT