restaurantes

Há um novo terraço no topo da Pollux com petiscos, vinhos e vista para Lisboa

A carta conta com sugestões criadas pelo chef Rui Rebelo e quase duas centenas de vinhos de pequenos produtores.
Há um novo terraço com vista para Lisboa.

A nova vida terraço no topo do edifício da Pollux, na Baixa de Lisboa, começou em março. Devido à Covid-19, e apenas com poucos dias de atividade, o recente projeto acabou por encerrar e só voltar ao ativo esta terça-feira, 26 de maio. Há um novo nome, uma carta de petiscos criativos e quase 200 referências de vinhos para experimentar.

É por Terraço Editorial que passa ser conhecido o bar e restaurante do último piso deste edifício da Rua dos Fanqueiros. Conta com 150 metros quadrados, lugares no interior e também na esplanada com vista para a cidade. Os lugares estão dispostos de forma a garantir o distanciamento social recomendado.

Rui Rebelo, responsável das cozinhas do Oficina do Duque e do Oficina Craft Snackery, e Rodrigo Soares, produtor do Vale do Douro, são os mentores deste projeto que acaba de ser inaugurado na cidade. 

“Queríamos criar um espaço que promovesse a cultura vinícola do nosso país. Um clube que, além da boa comida, explorasse os pequenos produtores e mostrasse a qualidade do vinho português. No Terraço Editorial é possível parar para beber um copo de bom vinho, enquanto petiscamos numa das esplanadas mais bonitas e exclusivas de Lisboa”, explica Rui Rebelo.

O chef assina a carta que acompanha todo o dia de serviço do espaço, entre o meio-dia e as 19 horas. Há croquetes de choco com tinta (6,50€), ovo com queijo da Ilha e chips de beterraba (4€), sandes em pão de centeio com bife da vazia (8,70€), a tosta de pão brioche com cachaço e queijo (8,25€) ou a torrada de polvo com aipo e rabanete (6,50€).

A vista é sobre a Baixa de Lisboa.-

Entre as propostas mais clássicas não faltam as tábuas de queijos e enchidos apenas com sugestões nacionais. Já nos pratos principais tem, por exemplo, atum braseado com puré de pastinaca (13€), o costeletão de novilho (16€), ou o piano com batata doce e gengibre (9,50€).

No final pode terminar com a mousse de chocolate com azeite e flor de sal (6,50€) ou o bolo de cenoura com creme de lima (4,75€). O Terraço Editorial assume-se como uma biblioteca de vinhos. Nesta carta encontra 190 referências, algumas para pedir a copo, outras também em garrafa e ainda em cocktails.

Carregue na galeria para conhecer melhor o novo Terraço Editorial.

LOCALIZAÇÃO, CONTACTOS E HORÁRIOS

site e redes sociais
horários
  • Das: 12:00
  • Às: 19:00

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT