cafés e bares

Connie: o antigo avião dos anos 50 que agora é um bar de cocktails

Está no aeroporto JFK, em Nova Iorque, e foi totalmente recuperado. Desde o final de 2019 que é um espaço lounge de luxo.
Está parado em Nova Iorque a servir várias bebidas.

O avião tinha capacidade para 74 pessoas e começou a fazer os primeiros voos em 1958. Era um modelo Lockheed Constellation L-1649A e estava ao serviço da companhia aérea Trans World Airlines (TWA). Desde o final de 2019 que está mais uma vez no aeroporto, mas com uma função bem diferente. Foi completamente renovado, manteve um estilo meio retro e passou a funcionar como um bar de cocktails de luxo.

Desde o início de 2019 que o antigo terminal da TWA, no aeroporto JFK, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, foi transformado num hotel. A obra demorou 18 anos até estar concluída. Tem mais de 500 quartos e uma decoração que nos faz recuar até aos anos 60.

No edifício principal encontra alguns bares, restaurantes, a recepção e o lobby, mas é na zona exterior que fica um dos elementos mais criativos de todo o projeto. Connie, é assim que se chama o bar construído no interior de um antigo avião da companhia.

Na recuperação da aeronave foram mantidos alguns elementos antigos. É o caso das cortinas das janelas, dos assentos dos passageiros com um padrão em xadrez, com cintos incluídos, e ainda o cockpit, que pode ser visitado quando entrar neste lounge. O radar e os controlos originais fazem parte da estrutura.

O interior manteve vários elementos antigos.

Para tomar ali uma bebida é necessário fazer reserva. O espaço está aberto todos os dias, entre as 11 horas e a meia-noite. É naquele site que pode fazer a marcação para uma curta visita ou para um evento que queira organizar, quem sabe.

A carta tem alguns cocktails clássicos. É o caso do Negroni, da Margarita, do Old Fashioned ou do Royal Martini. Os gins são outra das opções, assim como os vinhos, os espumantes e as cervejas.

Para acompanhar tudo isto tem azeitonas marinadas, húmus, guacamole ou tábuas de queijos e enchidos, servidos com baguete.

Fica mesmo ao lado do hotel da TWA.

A aeronave foi renovada durante seis meses no aeroporto de Auburn-Lewiston, no estado de Maine. O avião fez o primeiro voo em maio de 1958. O projeto é uma parceria da TWA com o Gerber Group, responsável pela criação de outros projetos de restaurantes e bares criativos no País. O primeiro que fizeram foi o The Whiskey no Paramount Hotel, em 1991.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT