Gourmet e Vinhos

Triple F: o novo conceito de Lisboa em que a cozinha de autor se faz só com mulheres

Há cada vez mais mulheres a destacar-se na gastronomia. A Fábrica da Musa, em Lisboa, pode ser o palco para algo maior.
Fotografia de Valter Vinagre

Em Lisboa, há um projeto novo a nascer, um que quer quebrar convenções — e pelo meio ajudar a inovar. Chama-se The Future Of Food Is Female, ou simplesmente Triple F. Depois de um primeiro ensaio a organizar eventos, a norte-americana Jenifer Duke, que fez de Lisboa a sua casa, lança agora em agosto um evento que todos os domingos vai dar nova vida a Marvila.

É na Fábrica Musa, no número 83 da Rua do Açúcar, que os eventos vão decorrer. Todos os domingos, entre as 17h e as 20h, uma chef toma conta da cozinha para uma experiência gastronómica diferente e muito internacional.

A 2 de agosto, a mexicana Paulia Loya transforma o espaço numa taqueria. No domingo seguinte, dia 9, segue-se a também mexicana Karla Mané, que vai transformar o espaço numa cantina mexicana. Dia 16 é Yu Lin Humm, nascida em Itália, filha de um suíço e uma vietnamita, que vai servir pratos da cozinha do Vietname. Dia 23 será a portuguesa nascida no Brasil Lara Espírito Santo, uma chef que tem juntado a sua criatividade à ideia de diminuir o desperdício. A fechar o mês, dia 30, a própria Jenifer Duke vai dar conta dos seus dotes na street food coreana. Mas isto é só o princípio.

À NiT, Jenifer explica que Lisboa vai servir de base de lançamento para um tipo de evento que quer dar voz a quem se identifica como mulher. O plano futuro passa não só por prolongar os eventos por Lisboa mas expandir a ideia para outros lugares, em modo de plataforma.

A ementa vai variar mas Jenifer adianta-nos que será possível provar pratos e bebidas entre 2,50€ e 10€. De resto, a cervejaria Musa está presente e com cerveja artesanal fresquinha sempre pronta a servir. Ao todo, 5 por cento do dinheiro faturado em agosto será direcionado para uma instituição de caridade ainda a decidir, adianta a responsável pelo Triple F. A ideia passa por um apoio que reflita a filosofia do Triple F.

The Future of Food is Female.

Além de comida e bebida, estes eventos vão contar também com música, com diferentes DJ’s e performers a animar o espaço. A lógica mantém-se: criadores que se identifiquem como mulheres. Mas não se pense que os homens precisam de ficar zangados a ver de fora: as portas estão abertas para todos.

De Lisboa para o mundo

Jenifer é dona da Rebel Rebel Bottle Shop, na Travessa de São Plácido, na Lapa. A garrafeira alternativa é um espaço pequeno que, por estes dias, devido à Covid-19, tem funcionado com serviço de take-away.

A norte-americana trabalhou durante quase duas décadas ligada aos recursos humanos. Em 2014, partiu de Nova Iorque para Berlim ainda ligada a esta área, mas aos poucos foi descobrindo e aventurando-se no setor dos vinhos. No verão de 2017, passou por Lisboa em trabalho e apaixonou-se pela cidade. Três meses depois, mudou-se para cá.

Ao longo dos anos, conta-nos, Jenifer tem conhecido “pessoas incríveis” no mundo da gastronomia, “uma indústria ainda dominada pelos homens”. O Triple F foi também uma forma de juntar diferentes paixões que tem conhecido ao longo da carreira. Depois de ter começado do outro lado do Atlântico e chegado a Lisboa, Jenifer quer agora dar algo novo ao mundo, a partir da cidade pela qual se apaixonou.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT