gourmet e vinhos

Portugal é dos países europeus onde o consumo de vinho aumentou no confinamento

Um estudo divulgado esta segunda-feira revela também que a procura de bebidas espirituosas e cerveja diminuiu.
Houve quem comprasse pela primeira vez online.

O consumo de vinho na Europa aumentou durante o confinamento e Portugal é um dos países onde se verificaram essa tendência. Um estudo publicado esta segunda-feira, 25 de maio, revela que em França, Itália e França também se assistiu a uma maior procura da bebida nas últimas semanas.

Segundo a Lusa, aqui citado pela TVI24, o estudo foi promovido pela Associação Europeia de Economistas do Vinho (EUAWE) e a Cátedra Wine and Spirits, da Universidade de Bordéus, teve o objetivo de perceber o comportamento dos consumidores de vinho durante o confinamento em Portugal, Espanha, Itália e França.

João Rebelo, Investigador da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em Vila Real, e vice-presidente da EUAWE, colaborou neste trabalho. O estudo teve como base mais de seis mil respostas a inquéritos feitos entre 17 de abril e 10 de maio.

O aumento do consumo de vinho nestes países foi uma das primeiras conclusões retiradas. Também se concluiu que o consumo de cerveja e bebidas espirituosas foi menor neste período para estes consumidores.

Foi nos supermercados que a maioria optou por comprar garrafas, mas também houve uma pequena percentagem que optou por adquirir pela primeira vez vinho online (5,2 por cento em Portugal). O estudo revelou também que houve uma maior procura por provas e degustações online.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT