NiTfm live

Restaurantes

Vertigo: o nome continua o mesmo mas a carta e a decoração mudaram completamente

O antigo café foi transformado num restaurante com pratos portugueses com especiarias do mundo todo.
O espaço do Chiado foi remodelado.

Pedro Clérigo, 35 anos, e Nura Ahrorova, 24 anos, trabalhavam como empregados de mesa no Lisboa Rio, no Cais do Sodré. Quando os donos anunciaram que iam fechar o restaurante, Xavier Bellot, 55 anos, um dos clientes mais regulares, não se conformou. Convidou os dois antigos funcionários a formar uma equipa e a abrir um novo espaço.

A 17 de abril, quarta-feira, os três sócios inauguraram o novo Vertigo, no Chiado. Não está enganado se achar que conhece este nome. É que Nura, Pedro e Xavier decidiram aproveitar a fama do antigo Vertigo Café, que existia no local antes do novo negócio.

“Encontrámos o local em março e achámos perfeito. Mantivemos o nome porque o local tem história e existia desde 2004. Com a ajuda de uma decoradora francesa tornámos o ambiente mais clean mas mantivemos o art deco do teto e a gaiola pombalina”, conta à NiT Pedro Clérigo, um dos sócios.

Aqui, o trio está sempre presente. São os únicos a trabalhar no restaurante e dedicam-se ao Vertigo a 100 por cento. O francês Xavier Bellot é quem comanda a cozinha. Viajou pelo mundo a trabalhar como enfermeiro na Cruz Vermelha e conheceu os mais variados temperos.

Aproveitou um curso de culinária em Londres e misturou na carta o conhecimento que adquiriu no curso com as especiarias que experimentou nas viagens. Criou receitas tradicionais portuguesas com um toque especial.

“O típico pica-pau é feito com peixe, por exemplo, e os clientes dão um feedback muito positivo”, garante Pedro, que antes da restauração se dedicava ao ramo audiovisual mas que, com a crise em 2010, teve de procurar outras alternativas. Já Nura Ahrorova é do Uzbequistão mas mora em Portugal há 12 anos e sempre trabalhou nesta área.

Entre os petiscos da casa estão as sardinhas enroladas com queijo feta (7,50€), o porco à cubana (9€), o atum com molho siciliano (9,50€) e o bacalhau com chouriço e fumet de camarão (9€).

A carta de vinhos tem apenas nomes portugueses selecionados pela enóloga Mafalda Santos, da Garrafeira de Campo de Ourique, para harmonizar com os pratos do restaurante. As garrafas custam entre 12€ e 45€.

No futuro, a equipa pretende utilizar a cave do Vertigo como bar ou área reservada para organizar jantares de grupo mais privados. 

Carregue na galeria para conhecer alguns pratos do Vertigo.

localização, contactos e horários

morada
  • Vertigo [ver mapa]
    Travessa do Carmo, 4, Chiado, Lisboa
    1200-093 Lisboa - Portugal
    localizações
    Lisboa, Chiado
horários
  • Terça a quinta-feira, das: 12:00
  • às: 22:30
  • Sexta e sábado, das: 12:00
  • às: 23:30