Restaurantes

Prego da Peixaria vai abrir um novo restaurante

É o quinto espaço da marca a abrir na zona de Lisboa. O Grupo Sea Me prepara-se também para inaugurar outros dois projetos na cidade.

Pergunta para prego em bolo do caco: sem ser o pão de Deus da Padaria Portuguesa, qual é coisa, qual é ela, que pode comer se estiver no Saldanha, Alvalade, Cais do Sodré ou Príncipe Real?  A resposta correta é os pratos do Prego da Peixaria. Em breve há mais uma localização, já que a marca se prepara para abrir mais um restaurante.

É em Algés que o Prego da Peixaria vai inaugurar um novo espaço — é o primeiro fora do concelho de Lisboa. Será um restaurante voltado para as famílias, com sugestões saudáveis e mais cortes de carne no menu — uma oferta que a marca já tem disponível nos outros restaurantes.

O primeiro Prego da Peixaria abriu no Príncipe Real em novembro de 2013. Depois chegou ao Saldanha, ao Mercado da Ribeira e em fevereiro de 2016 a Alvalade. O projeto do Grupo Sea Me surgiu depois do sucesso do prego bolo do caco, a única opção de carne que existia na peixaria moderna que têm na Rua do Loreto, no Chiado.

O restaurante Sea Me foi o primeiro restaurante do grupo que além dos espaços do Prego é responsável pelo Barracuda, que abriu no food court do Amoreiras. Ainda não existe previsão de abertura do Prego da Peixaria de Algés, mas mais avançado está o Soão, a taberna com propostas asiáticas que fica na Avenida de Roma, mesmo junto ao Cinema City de Alvalade.

Coreia do Sul, China, Japão, Vietname, Índia e Tailândia são alguns dos países por onde a carta vai viajar. Outro dos projetos do grupo Sea Me é o Meat Me. Este espaço fica perto do Teatro São Luiz e teve alguns atrasos nas obras. Ainda não há previsão de abertura, tal como o Soão, mas será um restaurante que vai juntar várias técnicas de assar carne, com o barbecue americano, a rebata japonesa ou a parrilla.

localização, contactos e horários

site e redes sociais