NiTfm live

restaurantes

7 petiscos imperdíveis no Algarve para comer depois da praia

Há sugestões mais tradicionais, mas também inovações criadas com os produtos da região.
Há várias sugestões por toda a região.

Esqueça o polvo à lagareiro ou o polvo no forno. Em Santa Luzia, no Algarve, o molusco é como se de um bacalhau se tratasse: há mil e uma formas de o preparar. Grande parte deles são bastante criativas e não se vê em tudo o que é restaurante. É o caso das pataniscas de polvo da Casa do Polvo. É apenas um dos petiscos que pode pedir assim que sai da praia.

A NiT sugere-lhe outras seis sugestões para aproveitar os melhores produtos da região, uns apresentados de forma criativa, outros mais tradicional. Da Ria Formosa chegam as ostras, para comer ao natural ou apenas com umas gotas de limão. Há vários restaurantes onde estão no menu.

Já pela zona de Tavira tem a muxama de atum, conhecido como o presunto do mar. Apenas com um fio de azeite é uma boa opção, mas também estão disponíveis versões em tostas e sandes mais compostas, se preferir.

Já na Mexilhoeira Grande tem de provar as porcas e parafusos da Petisqueira Oficina. O espaço está sempre bem composto durante o pico do verão. O prato tem este nome, mas são apenas camarões panados fritos e não lhe vão estragar os dentes.

Carregue na galeria para conhecer os petiscos que tem de provar no Algarve.