NiTfm live

restaurantes

Há mais uma app com pratos baratos e que acaba com o desperdício alimentar

Depois da Too Good To Go chegar a Lisboa, aqui está a Phenix, que tem um conceito idêntico e que vende o excedente.
Há vários espaços aderentes.

Lisboa tem mais uma aplicação para combater o desperdício alimentar e ainda ajudar os restaurantes a vender os excedentes que não são consumidos diariamente. O melhor de tudo é que está a contribuir para salvar o ambiente e ainda consegue refeições a um preço muito mais barato. Depois da Too Good To Go, o projeto dinamarquês que ficou disponível no final de outubro, chegou a Phenix, uma aplicação francesa.

Este projeto nasceu em 2016 e está presente em várias cidades de França — como Paris, Lyon, Rennes, Nantes, Grenoble, Montpellier, Toulouse e Dijon — mas também em Lausanne, Renes e Genève, na Suíça. Em Portugal, pode ser usada em Lisboa e Cascais desde terça-feira, 12 de novembro.

A lógica é simples e semelhante à praticada pela Too Good To Go. Primeiro, tem de ligar a localização na aplicação da Phenix, que está disponível tanto para iOS como para Android. Assim consegue ver os restaurantes e pastelarias que têm disponível excedentes para vender a preços mais reduzidos do que os praticados normalmente.

Consegue perceber o horário disponível para o levantamento e também o preço praticado pelos espaços aderentes. Pode encontrar cabazes de frutas, legumes, pronto a comer, pastelarias, mas também produtos de higiene ou limpeza — pelo menos noutros países, já que em Lisboa não foi uma das opções que vimos.

Tem, por exemplo, as bolachas artesanais da Cokies Bakery, a 5€; marmitas d’A Marmita por 5,24€; bombons no Empório do Chá por 3,84€; fatias de pizza na Pizza Misura a 5€; donuts na The Coffe Libary; sumos naturais na Liquid a 3€; ou salames com Nutella e muito mais da Salamaria por 5€.

Por norma, estas ofertas na Phenix são feitas ao final do dia. Depois de pagar tudo através da app, é só chegar aos restaurantes e cafés e fazer o levantamento — não há entregas ao domicílio.

No perfil que vai ter de criar pode depois ter acesso ao valor que poupou, em relação ao preço habitual, e também aos quilos de emissões de dióxido de carbono que evitou que fossem enviadas para a atmosfera.

Por enquanto, a aplicação só está disponível em Lisboa, mas já está a caminho do Porto.