NiTfm live

restaurantes

d’As Beatas: o novo restaurante da Graça que nasceu de um manifesto de mulheres

Telma Santos e Diana Reis querem que o mundo feminino tenha mais oportunidades na área da cozinha e não só.
Fica na zona da Graça.

“Uma mulher, para ser chef tem de abrir o seu próprio restaurante. A cozinha é um lugar que permite mulheres, mas não na alta cozinha”, explica à NiT Telma Santos, uma das responsáveis pelo d’As Beatas, o novo projeto da Graça, em Lisboa. Não tinha nada ligado à área da restauração, mas em conjunto com a amiga Diana Reis, que tirou o curso na Escola de Hotelaria do Estoril, dedicaram abrir este projeto.

São feministas, mas não fundamentalistas, apesar de há vários meses falarem da falta de mulheres em lugares de poder. “Não só na cozinha, mas também nas artes. Os grandes lugares de decisão estão reservados para os homens.” Com a partilha deste tipo de ideias decidiram criar um projeto, o Cooking Landscape, ainda antes d’As Beatas. “Nasceu de um manifesto que quer dar lugar às mulheres.”

O primeiro evento vai realizar-se este mês de fevereiro. Começa sempre com um encontro numa galeria, onde se assiste a uma performance, e depois segue para um restaurante com um menu especial. As inscrições ainda não estão abertas, mas assim que tiverem terá todas as informações disponíveis na página de Facebook d’As Beatas.

Do manifesto que deu origem aos encontros do Cooking Landscape nasceu o restaurante na Graça, um bairro em Lisboa onde Telma Santos e Diana Reis se juntaram várias vezes. “Um casal de idosos queria trespassar o negócio de restauração que tinha. Não nos queríamos comprometer, por ser muito dinheiro, mas acabaram por fazer um preço muito em conta.”

Há vários pratos de autor.

Em poucas semanas, o antigo Escondidinho deu lugar ao d’As Beatas. A decoração, muito tradicional, mudou ligeiramente. Venderam algumas coisas, compraram novas cadeiras mesas e tiveram ajuda de um amigo designer, Sérgio Diogo Matias, para lhes fazer toda a parte gráfica.

O d’As Beatas tem capacidade para 24 pessoas. A ementa é focada em pratos de autor e é provável que mude com frequência durante todos os meses. A sopa de peixe com arroz de sushi (6€), a tábua de presunto de pato com molho de iogurte e alface romana (7€), e a tarte de batata com cebola caramelizada (7€) são algumas das sugestões de entrada.

Já nos pratos principais tem caril de frango com batata e agrião (14€), a língua de vaca com mostarda e picles de nabo (14€) e a presa de porco com molho de iogurte (18€). Claro que tudo pode ser diferente dentro de algumas semanas.

O estilo de cozinha que aqui encontra traduz um pouco das influência de Diana Reis, a responsável pelo menu. Tirou o curso de contabilista no politécnico de Viseu, trabalhou na Segurança Social e só mais tarde tirou o curso na Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril. Mais tarde passou por restaurantes Michelin, como Feitoria e Belcanto. Conta também passagens no Tapisco, Boi-Cavalo e tirou ainda um curso com o sushiman Paulo Morais.

O restaurante tem capacidade para 24 lugares.

Já Telma Santos está mais ligada à área de backstage. Esteve durante quase 20 anos na universidade de Évora a lecionar matemática, antes de se dedicar às artes performativas, onde fez mesmo a ligação do teatro com os números.

É a responsável pelas performances que vão acontecer nas galerias nos eventos da Cooking Landscape. Neste projeto, Diana Reis irá cozinhar juntamente com os restaurantes com quem irão fazer parcerias. O primeiro, de 16 de fevereiro, será o Fumeiro de Santa Catarina, na Bica.

Neste momento, o d’As Beatas apenas irá estar aberto aos jantares de terça a sábado. Mais para a primavera, há o objetivo de fazer várias iniciativas no restaurante da Graça, como leituras de poesia, sunsets com cocktails e DJ. Em março pretendem também abrir aos domingos com menu de brunch.

Quem manda nisto tudo?

Nome: Diana Reis
Idade: 34 anos

Nome: Telma Santos
Idade: 43 anos
Prato favorito: presa de porco
Convença-nos a visitar este espaço: “Sítio acolhedor para ter uma conversa porreira. É um espaço para se comer com tempo.”

Carregue na galeria para conhecer melhor o novo d’As Beatas.

localização, contactos e horários

morada
  • d’As Beatas [ver mapa]
    Rua das Beatas, 8 A-B, 1170-052 Lisboa
    1170-052 Lisboa
    localizações
    Lisboa, Graça
site e redes sociais

ficha técnica

tipo(s) de cozinha
Autor
intervalo de valores
Entre 10€ e 20€