NiTfm live

cafés e bares

Cotidiano: há brunch, panquecas e ovos com molho cor de rosa durante todo o dia

O menu do novo café da Baixa de Lisboa pode ser pedido a qualquer hora. A chef trabalhou em vários espaço de Avillez.
Há brunch durante todo dia.

Panquecas com banana e maple syrup ao almoço, tosta em pão artesanal com abacate, húmus de beterraba e romã ao pequeno-almoço, hambúrguer de cogumelo com pesto em bolo do caco para o lanche. No Cotidiano, o novo café da Baixa de Lisboa, o menu está disponível durante todo o dia, à hora que quiser. É uma ementa all day food onde também há brunch sempre que lhe apetecer.

O Cotidiano abriu a 15 de janeiro na Rua do Crucifixo. O projeto é de Lourenço Pestana, 27 anos, Pedro Sotero e Pedro Ferreira, ambos com 33. Os três amigos madeirenses, formados em gestão, já tinham uma empresa turística na cidade. “Éramos amigos de infância e depois de algum tempo afastados, voltámo-nos a encontrar para criar um negócio”, explica à NiT Lourenço Pestana.

Os Pedros vieram estudar para Lisboa, já Lourenço andou pela Florida e Califórnia, nos Estados Unidos. Voltaram a encontrar-se na capital portuguesa em 2016, altura em que criaram a Seven Spots. “É uma empresa turística que realiza vários  eventos e tem uma frota de tuk tuk.”

Em 2018, Lourenço avançou sem os amigos para um projeto de restauração, o We Poke, no Chiado. “Depois dessa experiência apresentei-lhes a ideia de abrirmos um café com brunch e comida todo o dia com a Seven Spots.”

Os dois amigos gostaram, por isso, as obras começaram em outubro na Rua do Crucifixo. “Queríamos um menu que fosse feito de acordo com as nossas preferências. Entre opções mais calóricas e outras saudáveis, já que sou vegetariano”.

A ideia base do conceito foi apresentada à amiga Meguy Pereira, que é agora a responsável pela cozinha do Cotidiano. “É francesa, tirou o curso na Le Cordon Bleu, em Paris, e em Portugal trabalhou em vários restaurantes do chef José Avillez, menos a pizzaria.”

O brunch custa 15€ e pode ser pedido quando bem entender. Inclui iogurte com granula, pêra assada, frutos vermelhos, manteiga de amendoim, ovos mexidos, estrelados com escalados, bacon ou abacate, húmus de beterraba, pães da padaria artesanal Gleba e café.

Há ainda smoothie bowls, como a de leite de coco, fruta da época e granola (4€), os ovos escalfados com molho holandês de beterraba (7,50€), a salada de abacate, espinafres, couve roxa e molho de laranja com miso (9€) ou o hambúrguer de cogumelo em bolo do caco (9€).

Experimente ainda as panquecas com manteiga e xarope de ácer (6€), e as de bacon com ovo estrelado e maple syrup (7€). Há também versões vegan e sem glúten que pode acompanhar com banana caramelizada (7,50€), ou granola, manteria de amendoim caseira e granola (8€).

O pão da Gleba é usado para fazer tostas. Tem a versão de manteiga de amendoim com flocos de coco e granola (5€); a de húmus de beterraba e tahini: e de pasta de sésamo (4€). Durante os dias da semana (excepto à segunda-feira, que estão fechados), tem um menu a 12€. Inclui sopa do dia, ovos e um de quatro pratos do menu.

O novo Cotidiano tem dois pisos, mas por enquanto só funciona no de cima. O espaço tem capacidade para 35 pessoas. A decoração foi criada por Cristina Matos, que também já tinha colaborado com os três amigos noutros projetos.

“Não queríamos nada com flores e muita cor, como é comum neste tipo de conceito. Preferimos algo mais chique e moderno, como se fosse um restaurante.”

Quem manda nisto tudo?

Nome: Lourenço Pestana
Idade: 27 anos
Prato favorito: pink benedict bagel
Maior guilty pleasure: vegan fluffy pancake
Convença-nos a visitar este espaço: “É um sítio longe de tudo onde se vai sentir muito bem.”

Carregue na galeria para conhecer melhor o novo Cotidiano.

localização, contactos e horários

morada
  • Cotidiano [ver mapa]
    Rua do Crucifixo, 2, Lisboa
    1100-060  Lisboa
    localizações
    Lisboa, Baixa