NiTfm live

Restaurantes

Brunch com especialidades turcas e mais 5 novas opções de pequeno-almoço tardio

São pequenos-almoços reforçados ou almoços leves. É só escolher um e aproveitar o domingo.
Uma nova tradição.

De um momento para o outro a palavra brunch passou a fazer parte dos nossos finais de semana e isso é uma delícia. O pequeno-almoço tardio começou devagar, sempre aos domingos e agora já é servido até durante a semana. Não há mais regras e todos os meses há novos brunches espalhados pelo país.

Em Espinho, há um novo spot dedicado a comidas saudáveis, com opções vegetarianas e vegan, que prepara um brunch para quem tem medo de calorias e segue uma alimentação mais saudável. Aos sábados, o Prazeres Sem Culpa disponibiliza três versões de brunch para os clientes.

O Mini Prazeres junta sumo do dia, panquecas de alfarroba, ovos mexidos ou todo mexido, iogurte com fruta e granola e uma bebida quente (9,90€). O Prazeres acrescenta a tudo isto uma tosta de requeijão e mel (12,90€). E o Mega Prazeres tem uma sopa miso incluída (16,90€).

Em Lisboa, o restaurante Elti prepara brunch em qualquer dia da semana. Há sempre três menus disponíveis. O Heróico junta duas espetadas, uma bruscheta, bowl e bebida (10€). O Destemido chega para duas pessoas (20€) e inclui duas espetadas de fruta, uma gaufre, bowl, iogurte e duas bebidas. E o Valente, que também é para dois (25€), com duas bruschetas doces, outras duas alagadas, quatro espetadas de fruta e duas bebidas.

Na Margem Sul, a Mammy Choux mantém o pequeno-almoço tardio exclusivo para os sábados, domingos e feriados, sempre das 11h30 às 15h30. Por 14,80€, é servido um cesto de pães, croissant, manteiga, nutella Mammy Choux, compota, queijo creme, queijo Gouda, Brie, Chèvre, fiambre, ovos mexidos com cebolinho, sumo natural do dia (ou limonada ou leite com chocolate), iogurte com mix de frutas e granola da casa.

Carregue na galeria para ver as mais recentes opções de brunch do Porto à Margem Sul.