NiTfm live

restaurantes

Boato: o novo restaurante de Lisboa sabe, cheira e vive o mar

Fica perto da Avenida da Liberdade e pertence ao mesmo grupo do Qura e do Moço dos Croissants, em Campo de Ourique.
É o novo restaurante de Lisboa.

Não se deixe enganar pelo nome, o que vai ler neste artigo não é nenhum boato. No final de novembro foi inaugurado em Lisboa o quarto restaurante com as ideias e criações do chef Manel Perestrelo. Depois de abrir o Salmora, no Algarve, o Moço dos Croissants e mais recentemente o Qura, ambos em Campo de Ourique, apresentou o restaurante Boato.

No novo espaço do grupo Quase na Cidade, os pratos são inspirados no Mediterrâneo, focados em ingredientes frescos, com muito sabor e em produtos do mar. As sugestões de arroz estão em destaque. 

As opções são coloridas, leves e frescas. A carta é dividida em sugestões do mar, da terra, selvagem e natural. Juntas formam um mix de produtos com os temperos típicos dos vários países mediterrânicos 

Entre as opções de entrada, tem o pão grego de iogurte caseiro (2€) e creme de ricotta com azeite biológico, alho e limão (2,50€). Também pode optar pela gamba com lascas de sal (11€) e a corvina marinada com leite de tigre, lima, puré e chips de beterraba (11€).

Uma das sugestões do Mar é a patanisca de polvo com maionese de alho e limão e arroz crocante (12€). Se preferir um prato da Terra tem o borrego com pistácios crocantes, cuscuz marroquino e hortelã (14€).

Na carta, há ainda cinco pratos selvagens para escolher. Entre eles, o arroz negro de lula e molho aioli (14€); e o risotto de quinoa e vieiras com pêra, queijo azul e avelã tostada (15€). A parte Natural da ementa traz um tagliatelle de cogumelos e ovo biológico com creme de parmesão, cogumelos portobello e orégãos (14€); e uma salada de queijo de cabra gratinado com portobellos, maçã assada, pistácios e vinagrete de limão (11€).

Para terminar a refeição, na carta de sobremesas do Boato encontra a mousse de chocolate e lascas de sal (5€); torta de queijo (6€); uvas laminadas com sorvete de manjericão (4€) ou papo de anjo (5€).

Se costuma ser um daqueles clientes com pressa durante a hora de almoço, o menu lunch express é uma boa sugestão. Custa 12€, junta entrada e prato principal.

O Boato está aberto de segunda-feira a sábado, do meio-dia à meia-noite. Existem ainda várias opções para beber, desde cocktails de assinatura até uma variada carta de vinhos e cervejas artesanais.

O restaurante tem capacidade para 60 pessoas no interior e outras 20 lugares na esplanada.

Carregue na galeria para conhecer o ambiente e alguns pratos do principais pratos do Boato, no centro de Lisboa.