NiTfm live

Restaurantes

Alimentar a Saúde: o projeto que entrega refeições a quem mais precisa

Foi criado por Rui Silvestre há uma semana e já conta com uma rede de chefs que se decidiram juntar à iniciativa.
O projeto conta com o apoio de vários chefs.

Com a pandemia de Covid-19 têm surgido vários projetos que ajudam as famílias. A Alimentar a Saúde é uma iniciativa que leva refeições a casa dos que mais precisam, como é o caso de profissionais de saúde ou pessoas mais carenciadas. 

Criado pelo chef Rui Silvestre, do Restaurante Vistas, onde são confecionadas as refeições, o projeto conta com a parceria da Makro, que fornece bens alimentares, e da Rede de Emergência Alimentar, que disponibilizou meios que vão fazer a entrega das refeições a profissionais de saúde, lares, associações e a famílias.

View this post on Instagram

Chef @rui_silvestre1 e a sua equipa juntam-se à @makroportugal e à Rede de Emergência Alimentar para fazer chegar refeições aos mais necessitados e profissionais de saúde que estão neste momento na linha da frente desta ameaça. "Alimentar a Saúde" chega hoje ao distrito de Faro e em breve a todo o País com o apoio de outros Chefs e instituições. Porque não podemos ficar parados, porque o futuro se faz hoje… #alimentarasaude #portugal #covid_19 #ficaemcasa #staysafe #restaurantevistas #montereiresort #makroportugal #Brandeliciousportugal #rededeemergencianacional

A post shared by Restaurante Vistas (@restaurante_vistas) on

A iniciativa arrancou na segunda-feira, 23 de março, e já conta com uma rede de chefs que se associaram à proposta do chefe Rui Silvestre. Entre eles está Noélia Jerónimo, do restaurante Noélia e Jerónimo, em Tavira.

O projeto nasceu no Algarve, mas o objetivo é espalhar-se pelo resto do País. Desde massadas de peixe, caldeiradas e arroz de frango, são cerca de 200 refeições diárias que são distribuídas pela Alimentar a Saúde. 

Vai também chegar a várias instituições de solidariedade (e não só) que se viram obrigadas a suspender as suas atividades de apoio por causa da pandemia.