NiTfm live

restaurantes

O convento abandonado que agora é um restaurante com mercearia e horta biológica

Têm produção de frutas e legumes que são usados nos vários pratos do menu. Duas vezes por semanas fazem ainda pão artesanal.
Foi construído em 1551.

O antigo convento à entrada de Lagoa, na Estrada Nacional 125, estava abandonado desde o final da década de 70. O mais provável é que quem por ali passou nos últimos anos não tenha reparado naquele edifício. Agora a história é outra. Desde abril que é naquele espaço que funciona um restaurante com mercearia, horta biológica e ainda uma padaria artesanal.

O edifício da Convent’bio está inserido numa propriedade com mais de três hectares. É aí que são cultivados vários produtos hortícolas, como alface, cenoura e tomate, que são depois usados em todo o menu que é servido. A maior produção que têm é de espargos, com dois hectares. O projeto conta ainda com um terreno só de abacate e estão à procura de mais espaço para terem ovos biológicos.

Nesta produção não entram químicos ou pesticidas. “É tudo 100 por cento biológico”, uma frase em jeito de slogan que Fátima Baiona, 36 anos, uma das responsáveis, não parou de repetir quando toda a ideia do Convent’bio estava a ser trabalhada.

É engenheira agrónoma e desde 2012 que tinha um projeto em Monchique, o Pé de Salsa, com entrega em casa de cabazes agrícolas, sempre de produção biológica. Ficou comprometido com os incêndios de 2016 na localidade algarvia. “Perdemos todas as plantações que tínhamos.”

A mercearia tem uma zona a granel.

No verão de 2017 recebeu o convite por parte do engenheiro José Vitorino Pina, que adquiriu o edifício e que ali queria fazer um projeto. “Surgiram várias ideias a partir daí.” O edifício, construído em 1551, foi totalmente recuperado e os terrenos preparados para receber as plantações. “Já no início de 2019 começamos com a agricultura e os cabazes. Depois foi o restaurante e em julho a padaria.”

Assim que entra no Convent’bio tem toda a parte de restauração. Primeiro uma área de balcão, depois uma com mesas e cadeiras com capacidade para 16 pessoas. Já em setembro o espaço ganha ainda uma esplanada no exterior.

Aqui pode experimentar sugestões mais simples como as torradas em pão caseiro com manteiga de amendoim; banana, compota ou creme de avelãs (desde 2€); as tostas de queijo, mista; ou com tomate e orégãos (a partir de 2,90€).

Há ainda tostas abertas mais compostas. Têm a Algarvia, com cavala, cebola, alho, azeite e orégãos (7,50€); a Veggie Lover, com pepino, tomate cherry e molho aioli vegan (6,70€); ou a com azeite, alho e ovos mexidos (6,50€). Preparam também bruschetas, quiches e empadas.

Tudo isto pode ser acompanhado com sumos naturais. Aos sábados têm um menu especial com panquecas de fruta; banana, mel e canela, e taças de iogurte com fruta e granola (4,50€).

Ao lado da zona de restaurante tem a mercearia biológica. Aqui pode comprar o pão artesanal feito com massa mãe todas as terças e quintas (se for num destes dias pode ver a ser colocado no forno a lenha); arroz e massa a granel; bolachas, chocolates, iogurtes, produtos de limpeza e vinhos, tudo biológico. E claro que não podiam faltar os frescos, alguns de produção própria, outros que compram a fornecedores locais e regionais.

No exterior do edifício pode ver toda a plantação que têm. A sala na parte superior vai receber alguns workshops. A antiga capela ainda está por recuperar. Pode ser visitada tal como está agora. Aí encontra toda a história do edifício, deste a construção às grandes procissões que fizeram antes de ficar abandonado.

Carregue na galeria para conhecer melhor o novo Convent’bio.

localização, contactos e horários

morada
  • Convent’bio [ver mapa]
    Convento do Carmo, Sítio do Carmo, EN 125, Lagoa
    8400-405 Lagoa
    localização
    Algarve
site e redes sociais